Publicidade
Manaus
Manaus

Menos de 10% dos gestores do Amazonas prestaram contas junto ao TCE-AM

Ao todo, 392 prestações (do Estado e administrações direta e indireta do Estado; da Prefeitura de Manaus e administrações municipal direta e indireta; e das prefeituras municipais) têm de dar entrada na corte até o dia 2 de abril 26/03/2012 às 14:57
Show 1
O prazo final para a entrega seria dia 31, mas como é sábado, o presidente do TCE, Érico Desterro, decidiu prorrogar até a segunda-feira (2)
Acritica.com Manaus

A menos de seis dias da entrega da prestação anual de contas dos gestores municipais e estaduais, apenas 28 prestações (7,1%) deram entrada no Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), segundo levantamento do Sistema de Processos. 

Ao todo, 392 prestações (do Estado e administrações direta e indireta do Estado; da Prefeitura de Manaus e administrações municipal direta e indireta; e das prefeituras municipais) têm de dar entrada na corte até o dia 2 de abril. O prazo final para a entrega seria dia 31, mas como é sábado, o presidente do TCE, Érico Desterro, decidiu prorrogar até a segunda-feira (2).

Dos municípios apenas o de Iranduba prestou conta, no último dia 23. Das câmaras prestaram contas Apuí, Barcelos, Carauari, Eirunepé, Iranduba, Nhamundá, Rio Preto da Eva, Santa Isabel do Rio Negro, São Paulo de Olivença, Tabantinga e Tefe.

Do Estado, foram remetidos ao TCE apenas as contas das secretarias: Sefaz, SEC, Seinf e Seind. Os gestores que não entregarem suas prestações dentro do prazo estabelecido são passíveis de multa pelo atraso.