Publicidade
Manaus
Manaus

Mensagem de texto salva mulher e criança de sete anos de cárcere privado

Antônio se exaltou e disse que não abriria, ameaçando os policiais com uma faca. Ele ainda tentou resistir à prisão, mas acabou preso pelos policiais. 25/03/2013 às 11:13
Show 1
Na delegacia, a ex-esposa disse em depoimento que chegou a morar por um ano e seis meses com o gari e sofria frequentemente violências físicas
Bruna Souza Manaus, AM

Uma mensagem de texto (SMS) enviada ao telefone do serviço de policiamento de área da polícia acabou com a prisão do gari Antônio Ferreira da Silva, de 28 anos, após manter em cárcere privado a ex-esposa, de 25 anos, e o enteado de apenas sete anos durante a madrugada desta segunda-feira (25) na residência da vítima localizada na rua Normandia, bairro Gilberto Mestrinho, Zona Leste.

O SMS foi enviado pela dona de casa a uma tia que acionou uma viatura da 4ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Chegando ao local, os policiais perceberam que a criança chorava muito e pediram para que o gari abrisse a porta. Antônio se exaltou e disse que não abriria, ameaçando os policiais com uma faca. Ele ainda tentou resistir à prisão, mas acabou preso pelos policiais.

Na delegacia, a ex-esposa disse em depoimento que chegou a morar por um ano e seis meses com o gari e sofria frequentemente violências físicas, pois o mesmo costumava sair para beber cachaça e quando voltava a agredia. Fato que se repetiu durante a madrugada desta segunda-feira.

O suspeito foi levado ao 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foi autuado pelo crime de cárcere privado e será encaminhado  à cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa.