Publicidade
Manaus
Manaus

Mesmo negando, Eduardo Braga dá sinais que deixará liderança no Senado

O senador nega boatos sobre sua saída da liderança de Dilma Roussef (PT) no Senado, mas, já toma decisões voltadas ao cumprimento dos prazos para o pleito eleitoral deste ano, estabelecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) 14/06/2012 às 11:00
Show 1
A participação de candidatos políticos em programas de televisão ou rádio está proibida desde o último dia 10
acritica.com Manaus

Mesmo negando que pediu para deixar o cargo de líder do governo Dilma no Senado Federal, o senador Eduardo Braga (PMDB), já não comandará mais o programa de rádio ‘Bate-papo com o senador’. A informação dada pela assessoria de imprensa de Braga dá ainda mais sustentação às especulações sobre sua participação como candidato nas eleições municipais deste ano.

De acordo com as datas previstas no calendário eleitoral estabelecido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a participação de candidatos políticos em programas de televisão ou rádio está proibida desde o último dia 10.

Na manhã desta quinta-feira (14), o senador conversou com a reportagem do Jornal A Crítica em Brasília, e voltou a negar sua saída da liderança.

“Não pedi para deixar o cargo. Isso é mentira, continuo realizando minhas atividades frente à liderança do governo Federal”, falou.