Publicidade
Manaus
Manaus

Militar da Aeronáutica é morto esfaqueado em cima de sua cama, no bairro São Jorge, Zona Oeste

De acordo com amigo da vítima, Sebastião Lima, de 52 anos, era homossexual e costumava levar desconhecidos para casa; no dia do crime, a vítima havia consumido bebida alcoólica 24/01/2016 às 15:51
Show 1
Corpo foi encontrado por volta das 18h do sábado
Kamyla Gomes Manaus (AM)

O corpo do militar aposentado Sebastião Campos de Lima, de 52 anos, foi encontrado nu, em cima da cama, com três facadas pelo corpo, dentro da sua residência localizada na rua Arthur Virgilio Neto, no bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus.

A faca utilizada no crime foi encontrada nas mãos da vítima. A vítima foi encontrada de bruços e com duas facadas no pescoço e uma no pescoço. O corpo do militar da Aeronáutica foi encontrado no último sábado (23), por volta de 18h.

De acordo com informações de um colega da vítima, que não quis se identificar, a casa de Sebastião estava toda revirada e cheia de sangue por todos os cômodos, principalmente no banheiro.

Após o crime, a carteira da vítima foi levada, disse.

Segundo o colega, a vítima era homossexual e havia levado um suposto companheiro para beber junto com ele naquela noite.

"Ele era uma pessoa muito legal, não tinha problema com ninguém, mas quando bebia ele se transformava e procurava confusão. Ouvimos comentários de que um jovem no qual ele se envolvia, foi visto na casa dele, no dia do crime", relatou. 

De acordo com as informações do amigo, no dia do crime, Sebastião já estava sob efeito de bebidas alcoólicas. Era comum ele levar rapazes e outras pessoas desconhecidas para beber com ele, segundo o amigo.

“Ele tinha uns casos por aí, mas ninguém sabe muitos detalhes. E também via de vez em quando ele botando qualquer pessoa na casa dele sem saber o que poderia acontecer”, finalizou, acrescentando que o ex-militar morava sozinho.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), investigará o caso. Até o fechamento desta edição, a autoria do crime era desconhecida.

O corpo da vítima foi velado na manhã deste domingo (24), na casa da mãe dele, nas proximidades de onde ocorreu o crime. No local, nenhum familiar quis se pronunciar sobre o caso.