Publicidade
Manaus
Incremento Produção

Ministério aprova 32 Processos Produtivos Básicos do PIM no primeiro trimestre de 2012

O primeiro trimenstre do ano foi favorável à aprovação de Processos Produtivos Básicos requeridos no Pólo Industrial de Manaus 17/04/2012 às 09:26
Show 1
Wilson Périco: pressão dos empresários sobre o MDIC está surtindo efeito
Renata Magnenti Manaus

O Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC) aprovou no primeiro trimestre deste ano 32 Processos Produtivos Básicos (PPBs) de produtos já fabricados ou que passarão a ser fabricados pelas empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM). Em 2011, neste mesmo período, foram aprovados apenas nove PPBs. Segundo o Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), outros 20 aguardam aprovação.

O PPB é o conjunto mínimo de operações que caracteriza a efetiva industrialização de um determinado produto. E, junto ao PIM, efetiva os incentivos fiscais provenientes do modelo Zona Franca.

Entre os PPBs aprovados este ano, está o referente à fábrica austríaca Red Bull que prevê investimento fixo de R$ 200 milhões e investimento total do de R$ 450 milhões. E ainda, o que concedeu incentivos a empresas de resíduos sólidos dos segmentos: metálicos, plásticos, madeira, papelão, vidro e poliestireno expansível.

De acordo com o presidente da Cieam, Wilson Périco, a explicação para o contraste de aprovação ao longo de um ano é fruto da pressão feita por empresários e mesmo pelo superintendente da Suframa, Thomaz Nogueira, junto ao MDIC. “O que ficou decidido é que em 120 dias aprovaram todos os PPBs que estão parados há meses, e os novos PPBs que chegarem a Brasília deverão ser aprovados em 90 dias”.

Segundo a Suframa, não há novos projetos para serem aprovados no MDIC. Foi encaminhado somente o pedido de alterações de PPBs referente à produção de máquina fotográfica digital, notebook, desktop e odorizador de ar. Wilson Périco acrescentou que outros 20 PPBs aguardam aprovação. “Entre eles, o PPB referente a produção de lâmpadas LED, tomadas e interruptores”.

Seminário

Na quarta-feira(18), a Suframa, sedia, às 17h30, o Seminário de Produtos de Fábrica Virtual, realizado pela Siemens em parceria com a Fucapi. Será apresentado o software de gestão do Ciclo de Vida do Produto (sigla em inglês PLM).

O programa sugere e identifica erros no processo de produção, e visa reduzir tempo de fabricação e custo. Uma fábrica de refrigerantes do PIM utilizou o PLM e deixou de gastar mais de R$ 3,5 milhões. Esse e outros casos serão apresentados.

Canceladas

As reuniões do Conselho Administrativo da Suframa (CAS) e do Conselho de Desenvolvimento do Estado (Codam), marcadas para a próxima semana, foram adiadas. Ambas acontecerão em maio, a do Codam esta prevista para o dia 3.