Publicidade
Manaus
PRECARIEDADE

Moradores bloqueiam via em protesto contra a 'buraqueira' no bairro Puraquequara

Segundo moradores, vias do local estão sem estrutura, mas Prefeitura teria mandado retirar máquinas da área 10/11/2017 às 13:12 - Atualizado em 10/11/2017 às 13:13
Show manifestacao
Foto: Gilson Mello
Amanda Guimarães Manaus (AM)

Mais de 200 moradores do bairro Puraquequara, na Zona Leste de Manaus, realizaram uma manifestação no início da tarde desta sexta-feira (10), para reivindicar melhorias nas ruas da área. O grupo queimou pneus e interditou um trecho da estrada do Puraquequara.

O autônomo Vanderlei Sampaio, 32, afirmou que todas as vias do bairro estão sem estrutura. Ele contou que durante a manifestação carros e ônibus ficaram impossibilitados de passar no local.

 "A população do nosso bairro está vivendo na precariedade, porque a Avenida do Puraquequara está cheia de buracos. A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) realizou trabalhos no local, mas não concluiu. Hoje eles iam retirar as carretas que iriam fazer o serviço, e bloqueamos a via para eles não passarem", disse o morador.

Segundo Vanderlei, carros são quebrados diariamente por conta dos buracos. "Nós moradores estamos sendo prejudicados, porque os nossos comércios estão fechados e os carros quebram diariamente aqui. Quando um morador está doente e a Samu vem pegar aqui, ele chega no hospital morto de tanto buraco que tem no caminho", ressaltou.

Policiais da 28ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) estiveram no local para atender a ocorrência. Mesmo com a queima de pneus, a manifestação foi pacífica.

Outro morador que relata a precariedade das ruas do bairro é o professor Klinger de Costa, de 38 anos. Ele afirma que os problemas da comunidade não se restringem ao asfalto, mas na parte da saúde e segurança.

"Vivemos em um bairro que não é assistido pelos governantes. Estamos sem asfalto nas ruas e andamos na rua com medo, porque não temos luz. Interditamos a via como uma forma de chamar atenção da Seminf", destacou.