Publicidade
Manaus
Cotidiano, Protesto, Abastecimento de água, Águas do Amazonas

Moradores da Zona Oeste de Manaus interditam rua para protestar contra falta de água

Moradores do beco Central, no São Raimundo, alegam estar sem água há uma semana, mas os problemas de abastecimento estariam ocorrendo há dois meses 28/04/2012 às 15:00
Show 1
Moradores afirmaram atear foco no entulho colocado no meio da rua, caso equipe da águas do Amazonas não fosse até o local
Síntia Maciel Manaus

A falta de água nas torneiras das casas do beco Central, localizada no bairro São Raimundo, Zona Oeste de Manaus, fez com que moradores do lugar, interditassem com geladeiras, freezers, ferros velhos e pedaços de pau, um trecho da rua Rego Barros, no inicio da tarde deste sábado (28).

Os moradores do lugar alegam estar sem água há uma semana. Entretanto, os problemas de abastecimento estariam ocorrendo há dois meses.

“Todo dia a gente liga para a Águas do Amazonas, solicitando uma equipe aqui, reclamando que não temos água e tudo o que eles informam é que dentro de 72 horas, os técnicos viram atender o chamado, mas não aparece ninguém”, reclama a aposentada Amélia Freitas, 61, que afirmar ter vários números diferentes de protocolo, referentes às ligações efetuadas para a concessionária.

Para executar os afazeres domésticos, fazer comida e tomar banho, segundo ela e os demais moradores do lugar, as alternativas são comprar garrafões de 5 litros de água – ao preço de R$ 5 -, ou ir para a casa de amigos e parentes.

“A gente liga pedindo explicações, mas ninguém informa o porque de estarmos sem água”, salienta a dona de casa Elmira Peixoto, 49.

De acordo com um morador do local, o pintor José Antônio dos Santos, 52, os problemas de abastecimento  no beco Central surgiram após os trabalhos de retirada de uma chave de um dos registros de rua, da Águas do Amazonas.

“Eles alegaram que era para fazer uma redução e realmente houve. Todas as casas ficaram sem água”, ironiza José Antônio.   

Uma viatura da Polícia Militar que esteve no local, solicitando que os moradores desobstruíssem a via, chegou a ligar para a Águas do Amazonas, e foram informados que uma equipe técnica seria deslocada até o local. Porém, até às 14h, nenhuma equipe havia aparecido no local.        

A Águas do Amazonas, por meio de sua assessoria de comunicação, informou que a paralisaçõa de água, no beco Central, ocorreu em virtude da retirada de vazamentos no bairro São Raimundo, e que o abastecimento das áreas altas da região já estava normalizado.

Ainda conforme a empresa, uma equipe técnica seria encaminhada até o lugar, ainda neste sábado à tarde.