Publicidade
Manaus
SORTE GRANDE

Itacoatiara 'parou' para descobrir quem foi o ganhador dos R$ 1,6 milhão da Lotofácil

Sorteio foi realizado na última segunda-feira (14) e premiou morador "misterioso". Boa parte dos apostadores segue fazendo sua fezinha no mesmo local onde foi feito o jogo premiado 17/08/2017 às 21:48 - Atualizado em 18/08/2017 às 09:44
Show lotofacil
Macêdo Alves, que joga com frequência, esteve na última quarta-feira na lotérica onde a aposta vencedora saiu (Foto: Winnetou Almeida)
Paulo André Nunes Itacoatiara (AM)

Não se fala outra coisa em Itacoatiara (a 175 quilômetros de Manaus) que não seja sobre o acertador dos 15 números da Lotofácil número 1550, que ganhou o prêmio de R$ 1,6 milhão, em sorteio realizado na tarde da última segunda-feira (14).

Os moradores comentaram que a sorte “está rondando Itacoatiara” e boa parte deles segue fazendo sua fezinha na mesma lotérica onde foi feito o jogo premiado: a da loja Bemol localizada na avenida Parque, no Centro da cidade.

Ontem, quem ainda tentava aproveitar um pouco da sorte para ganhar na Lotofácil era o aposentado Macêdo Alves, 74. “O comentário na cidade é grande. Se eu acertasse, o 'cabôco’ não iria nem descobrir, pois os ‘meninos’ iriam me sequestrar. Aqui a bandidagem cresce cada vez mais” disse ele, contando já ter sido premiado com R$ 1.200 na própria Lotofácil e R$ 1.400 na Mega Sena.

“Se eu fosse pedir algo a quem ganhou essa Lotofácil seria para ajudar os pobres pois há muitos em Itacoatiara”, comentou Macêdo. “Se eu ganhasse essa bolada, construiria um santuário para Nossa Senhora Rainha do Rosário lá no município de Itapiranga. Sou de lá”, disse apostador.

“A sorte chegou aqui em Itacoatiara. Sortudo é quem ganhou!”, disse a dona de casa Anne Michelle, que foi ao local fazer pagamentos. “Que esse ganhador ajude a quem precisa. Que Deus dê a sorte a quem precisa. Quem ganhou deve estar precisando mais que nós”, disse.

O mototaxista Klemerson Neves, 33, comentou que na cidade as pessoas não param de se perguntar quem é o felizardo ou felizardos, no caso da aposta vencedora ter saído de um bolão.

“A curiosidade é pra saber quem são os novos ricos de Itacoatiara. Isso aumentou o número de apostadores. Todos querem fazer uma  fezinha. Eu já fiz a minha aposta na Lotofácil de R$ 10 para 10 pessoas. Vai que chegou a minha hora e eu mudo pra melhor e foi rico, não é mesmo?”, declarou. Klemerson disse  faria o seguinte pedido para o vencedor: “Pediria R$ 500 para eu pagar dívidas”.

Já a vendedora Maria do Carmo de Araújo Brito, 56, não aposta em loterias, mas “espera que Deus dê o prêmio novamente para outra pessoa da cidade”. E ainda contando com a complacência divina, ela espera que “Deus toque no coração do ganhador e nos ajude pois Itacoatiara não tem emprego”.

Blog

Fabrícia de Araújo Monteiro, 25, agricultora

"Moro na Zona Rural de Itacoatiara, na Estrada do Novo Remanso, e esse prêmio vir para Itacoatiara pode trazer empregos e melhoria de vida para as pessoas daqui da cidade e para o próprio ganhador, já que não sabemos quem ele é. Aqui em Itacoatiara, para onde andamos se fala sobre isso. Não sou contra os jogos, pelo contrário. Também faço minhas apostas, mas  ainda não fui felizarda. Se eu pudesse pedir algo aos vencedores era que eles administrassem seu dinheiro e que me dessem algum para mim comprar remédio para curar meus filhos da malária, pois 'dá muito' pra lá onde eu moro".


    
'Fábrica de boatos'

Enquanto o nome dos vencedores não é revelado, os moradores da Velha Serpa, como é conhecida Itacoatiara, seguem "apostando" em nomes com boa reputação financeira no município, fazendo crescer ainda mais a fábrica de boatos.

Um dos empresários cuja população crê ser um dos ganhadores é Freddie Larrat, 52. Empresário da extração vegetal, ele nega ter sido ganhador.

"Não fui eu, pois não jogo Lotofacil, e sim Mega-Sena e Mega-Sena da Virada que dá mais emoção. Eu estava em Belém. Se eu fosse o vencedor desse montante geraria emprego e renda para a população, uma vez que o município está sem verba para que a mesmo tenha condições  visto o marasmo da nossa cidade", explica ele.

"O pessoal pensa que sou o ganhador só pprque sou da área de juticultura e castanha acha isso, mas não fui eu. Nem estava em Itacoatiara", reforça Freddie.

Sua esposa, a administradora Cândida Alcântara, 36, destacou a importância do prêmio ter vindo para Itacoatiara.

"Acho muito importante esse prêmio  ter vindo para nosso município, incentivando as pessoas a jogar e acreditar que é verdadeiro. Quem ganhou vai tirar o pé da lama", brinca ela.

Como funciona

A aposta da Lotofácil custa R$ 2. Para jogar, o apostador deve marcar entre 15 a 18 números, dentre os 25 disponíveis no volante, e fatura o prêmio se acertar 11, 12, 13, 14 ou 15 números. o apostador pode ainda deixar que o sistema escolha os números por meio da “Surpresinha”,  ou concorrer com a mesma aposta por 3, 6, 9 ou 12 concursos consecutivos através da aposta “Teimosinha”.