Publicidade
Manaus
REDES SOCIAIS

Motorista de ônibus é afastado após aparecer em vídeo discutindo com usuário

Na sexta (14), o vídeo do caso no Facebook atingiu mais de 8 mil compartilhamentos. A SMTU afirmou que também investigará a ocorrência 15/07/2017 às 14:28 - Atualizado em 15/07/2017 às 14:51
Show  nibus agora
Passageiros filmaram a confusão e postaram nas redes sociais (Foto: Divulgação)
Jamille Santos Manaus (AM)

Serviço caro, ônibus caindo aos pedaços e funcionários sem preparo para lidar com o público. Esses são alguns dos problemas do serviço de transporte público citados pela população de Manaus. Ontem, um vídeo no Facebook que atingiu mais de 8 mil compartilhamentos, mostrou um motorista discutindo com um passageiro na linha 122. A Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) afirmou que apurar o caso. O motorista foi afastado do cargo.

Gravado pela consultora Alice Brito, as imagens chamaram a atenção pelo relato dado na descrição e pelo desabafo da passageira.

Na postagem a mulher publicou sua indignação, no que ela afirma ser uma falta de respeito diária do motorista com os passageiros que utilizavam a linha da empresa São Pedro.

No vídeo é possível ver um homem discutindo com o motorista após o servidor não atender aos pedidos de parada.

De acordo com Alice uma moça puxou a corda e mesmo vendo o aviso de parada, o motorista seguiu em frente.

“Ele começou a discutir com todo mundo, disse palavrões e falou um monte. Em seguida ainda desceu do ônibus e tentou agredir o homem que começou a discutir com ele por que ele não parou”, contou Alice

Não satisfeito com as agressões verbais, o motorista teria ainda trancando todos no veículo enquanto dirigia de forma imprudente, ignorando os pedidos de paradas.

“Quando chegou na Ponte do São Jorge, ele simplesmente travou as portas e não deixou ninguém descer. Ele saiu dirigindo feito um louco, avançado os sinais. Tinha idoso, criança, todos gritando assustados, pedindo para ele parar, e ele fingia que não estava ouvindo”, delatou a consultora.

Ela conta ainda que os passageiros só conseguiram descer, quando o motorista foi ‘obrigado’ a parar no sinal de trânsito que fica em frente ao batalhão de Polícia do Exército (PE) no bairro do São Jorge, por conta de um guarda de trânsito que estava no local.

“Quando chegou em frente ao PE, nós começamos a gritar e pedir socorro dos policias que ficam na portaria. Os policiais começaram a se aproximar do ônibus, foi aí que ele abriu as portas e todo mundo pode descer. Eu nunca me senti tão assustada na minha vida, foi horrível”, contou a moça.

Alice relata que costuma pegar o mesmo ônibus todos os dias, e que sempre é o mesmo motorista. Ela afirma ainda que ele costuma ser grosseiro com os passageiros. Ele aproveitou para pedir ainda que a empresa responsável tome providências. “Eu me senti constragida e humilhada de ter que passar por uma situação como essa”.

SMTU e empresa responde

Por meio de nota, o órgão afirmou que tomou conhecimento do material divulgado nas redes sociais em que o motorista discute com um usuários. A SMTU informa que conforme informações obtidas nos comentários da postagem, o operador é funcionário da São Pedro e a discussão iniciou após os motoristas não ter atendido o pedido de parada de um usuário.

A superintendência ressalta que o vídeo e comentários irão subsidiar a apuração da ocorrência. A SMTU ressalta irá ouvir o referido motorista sobre a denúncia a fim de adotar as providências.

Procurada pela reportagem, a direção da empresa de transporte Viação São Pedro informou que uma sindicância foi instaurada e que as câmeras de segurança do veículo serão analisadas. A instituição informou que o motorista foi afastado de suas funções, enquanto perdurar o processo. Caso seja comprovada a denúncia contra o motorista, o mesmo será demitido, caso contrário o servidor passará por uma reciclagem antes de voltar a função.