Publicidade
Manaus
Manaus

Motorista e investigador da Polícia Civil são presos após extorquirem família de preso

Eber e José Antônio foram flagrados por policiais do grupo Fera quando tentavam extorquir R$ 20 mil da família de um suposto traficante 17/03/2014 às 08:57
Show 1
Os policiais civis eram lotados no 19º e 23º DIPs
acritica.com Manaus (AM)

O investigador Eber Melo Batista e o motorista José Antonio Silva de Melo, ambos da Polícia Civil, foram presos em flagrante pelo crime de concussão, abuso de autoridade e denúncia caluniosa, no último sábado (15). A polícia ainda está procurando por mais dois investigadores: Marcelino Júnior e Valter Felício Almeida Rossi, chefe de investigação do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Ambos são suspeitos pelo mesmo crime.

Eber e José Antônio foram flagrados por policiais do grupo Fera quando tentavam extorquir R$ 20 mil da família de um suposto traficante identificado como Patrick Machado da Silva. O caso foi denunciado à Polícia Civil e os dois acabaram presos, enquanto ‘receberiam’ o dinheiro. Os outros dois conseguiram fugir.

Segundo as vítimas, que moram no bairro Novo Israel, Zona Norte, os policiais entraram na casa, renderam a família e levaram presos várias pessoas, entre elas Patrick. Eles exigiam drogas e dinheiro. Patrick chegou a ser torturado pelos policiais com socos, chutes e choque elétrico.

A dupla foi presa no bairro São Jorge, Zona Oeste.