Publicidade
Manaus
PROTESTO

Motoristas de ônibus Alternativo e Executivo fecham av. Brasil em frente à prefeitura

Eles fizeram protesto pedindo regulamentação da categoria e a liberação de uma lista final de uma licitação do transporte, aberta há quatro anos 15/01/2018 às 11:06 - Atualizado em 15/01/2018 às 11:08
Show 24bb0ead 72e9 4bcd b437 c0203008d0ff
Foto: Winnetou Almeida
Juan Costa Manaus (AM)

Um grupo de aproximadamente 40 motoristas de ônibus Alternativo e Executivo interditou um trecho da avenida Brasil, em frente à sede Prefeitura de Manaus, no bairro Compensa, na Zona Oeste da cidade, durante um protesto pedindo regulamentação da categoria para atuar nas ruas da capital amazonense.

Empunhando faixas e cartazes direcionados ao prefeito Artur Neto, os manifestantes pediam a liberação da lista final de um processo licitatório de habilitação do transporte aberto há quatro anos. Devido à demora nessa licitação, o processo foi suspenso e pode, inclusive, ser cancelado pelo Ministério Público do Estado (MP-AM).


Foto: Winnetou Almeida

De acordo com um dos líderes da manifestação, Pedro Ferreira, há mais de 190 motoristas de Executivo e Alternativo impedidos de trabalhar em Manaus. “Fomos habilitados em todas etapas do processo, entretanto ainda não fomos contemplados com a permissão para poder trabalhar. Cumprimos todas as exigências pedidas no edital e não querem cumpri-lo”, disse.

A reportagem entrou em contato com as assessorias de imprensa da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) e da Prefeitura de Manaus, e até o momento da publicação desta matéria nenhuma resposta havia sido enviada.

Publicidade
Publicidade