Publicidade
Manaus
MANIFESTAÇÃO

Motoristas do Uber participam de protesto contra PLC 28/2017 em Manaus

Se o PLC for aprovado no Senado Federal, as empresas precisarão de autorização dos municípios para operar, assim como ocorre com os táxis 26/09/2017 às 10:04 - Atualizado em 26/09/2017 às 16:30
Camila Pereira Manaus (AM)

Centenas de motoristas que trabalham pelo aplicativo Uber participaram de uma manifestação seguida de carreata até a prefeitura de Manaus contra a PLC 28/2017 que tramita hoje no senado e que trata da regulamentação dos serviços. Se o PLC for aprovado no Senado Federal, as empresas precisarão de autorização dos municípios para operar, assim como ocorre com os táxis. 

A concentração ocorreu por volta das 8h30, na Arena Amadeu Teixeira, na Avenida Constantino Nery. A carreata saiu às 9h até a Prefeitura, onde gritaram palavras de ordem em defesa da categoria.

"Acreditamos que nós trouxemos um transporte de qualidade para Manaus. Os taxistas precisam pagar taxas e por isso o preço é caro e o transporte público oferecido pela população é precário", afirmou o motorista Marcos Ramos, um dos coordenadores do protesto de hoje.

Werllis Ribeiro, que trabalha há um mês pelo aplicativo Uber, acredita que apenas uma minoria está contra os motoristas que trabalham por meio do aplicativo. "Não estamos aqui para brigar com nenhuma categoria, estamos aqui para somar e oferecer um bom transporte para a população" destacou.

O projeto está previsto para ser votado nesta terça-feira no Senado Federal.