Publicidade
Manaus
Manaus

Mototaxistas bloqueiam portão na sede da SMTU para reivindicar por mais fiscalizações em Manaus

A categoria fez protesto fechando, com correntes e cadeados, o portão da Superintendência. Eles querem mais blitz contra clandestinos e campanhas na TV 26/11/2015 às 15:50
Show 1
Sede da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos
Kelly Melo Manaus

Um grupo de mototaxistas realizou uma manifestação   em frente à Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU),  no bairro Flores,  na Zona Centro-Sul, na  tarde desta quinta-feira (26), para cobrar mais fiscalização. 

De acordo com o presidente do Sindicato dos Mototaxistas (SindMotos),  Anderson Souza,  a prefeitura não estaria cumprindo um acordo firmado com a categoria desde o mês passado. “Na reunião que tivemos, o prefeito e o superintendente se comprometeram a veicular campanhas na mídia para as pessoas saberem diferenciar o mototaxista regularizado do clandestino,  além de intensificar as fiscalizações na ruas,  no entanto,  isso não vem acontecendo”,  disse ele. 

Para chamar a atenção,  os manifestantes bloquearam o portão de saída da SMTU com correntes e cadeados, e foi necessário acionar a Polícia Militar para conter a confusão. Uma equipe das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) foi ao local.

Diferente dos mototaxistas,  o diretor de transportes da SMTU,  Thiago Balbi,  afirmou que as fiscalizações têm ocorrido regularmente e que os clandestinos têm sido tirados de circulação. “Mais de dez motos são apreendidas diariamente e nós  temos  cumprido com o nosso papel. Ainda não entendemos o que realmente motivou essa mobilização”, disse.