Publicidade
Manaus
Manaus

Movimento de mulheres protesta contra ataque a Vanessa

As principais representantes do Articulação de Mulheres do Amazonas (AMA), Mulheres Solidárias do Amazonas (MUSA), SINTEAM, Conselheiras de Saúde, ONG Maria Bonita, associações de mulheres de bairros e da UBM entregaram uma nota de repúdio para o Juiz Flávio Pascarelli. 12/09/2012 às 19:56
Show 1
Cerca de 50 mulheres estiveram presentes
Camila Pereira Manaus

“Violência contra a mulher, basta”. Esse foi o grito de cerca de 50 mulheres em frente ao Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), no fim da tarde desta quarta-feira (12), durante um ato público de repúdio à violência contra a mulher, motivado, principalmente, pela agressão sofrida à candidata Vanessa Grazziotin (PC do B).

“Procuramos o TRE para que tomem providencias, para que estejam mais atentos a ataques muitas vezes nas entrelinhas, com exposição de mulheres e marionete”, disse a presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, Isis Tavares.

A ação, ainda de acordo com a coordenadora estadual da União Brasileira de Mulheres (UBM) Vanja Santos, nada tinha a ver com apoio a candidatura de Grazziotin, porém muitos militantes e candidatas do partido que apoia a senadora estavam presentes.

“Estamos no combate a violência doméstica e hoje na participação política, onde a presença da mulher se apresenta muito forte e mexem com a masculinidade, muitos deles suspeitos de atentar contra esta participação da mulher em todos os campos”, declarou Vanja.

As principais representantes do Articulação de Mulheres do Amazonas (AMA), Mulheres Solidárias do Amazonas (MUSA), SINTEAM, Conselheiras de Saúde, ONG Maria Bonita, associações de mulheres de bairros e da UBM entregaram uma nota de repúdio para o Juiz Flávio Pascarelli.