Publicidade
Manaus
Manaus

MP-AM investigará compra e sumiço de móveis na Câmara Municipal de Manaus

Conforme notícia divulgada pelo jornal A Crítica e pelo portal acritica.com, os móveis, que custaram cerca de R$ 700 mil reais, foram adquiridos em dezembro do ano passado, quando a Casa Legislativa tinha como presidente o vereador Isaac Tayah 10/01/2013 às 17:43
Show 1
Ministério Público do Estado do Amazonas
Ana Carolina Barbosa Manaus

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) irá apurar a informação de compra e sumiço de mobiliário na Câmara Municipal de Manaus (CMM), ao final da legislatura passada, publicada pelo jornal A Crítica e pelo portal acritica.com, o qual pode ter causado, segundo o órgão, dano ao erário.

A notícia foi distribuída para a 79ª Promotoria de Justiça, que tem como titular a Promotora de Justiça Wandete de Oliveira Netto, a partir da Coordenação das Promotorias de Justiça do Patrimônio Público, Direitos Constitucionais do Cidadão e Consumidor (CAO-PDC), conforme informações da assessoria.

A distribuição se deu após determinação, no último dia 9, do subprocurador-geral de Justiça Jorge Alberto Gomes Damasceno, conforme consta em um despacho disponível no portal do MP-AM na internet.

Conforme notícia divulgada pelo jornal A Crítica e pelo portal acritica.com, os móveis, que custaram cerca de R$ 700 mil reais, foram adquiridos em dezembro do ano passado, quando a Casa Legislativa tinha como presidente o vereador Isaac Tayah.

Móveis novos, como cadeiras de escritório entre outros, foram localizados, ontem, em uma sala da CMM, o que levou Isaac a comentar que a informação de que o mobiliário teria sumido foi tratada de forma equivocada. Contudo, 10% do material continua desaparecido, segundo levantamento feito pela CMM.