Publicidade
Manaus
Manaus

MPE diz que Prefeitura foi omissa durante greve dos rodoviários

A promotoroa dos direitos do consumidor do MPe, Sheila Camargo, disse que a prefeitura de Manaus tinha todos os artifícios para saber da mobilização por antecipação 10/04/2012 às 19:19
Show 1
Usuários ficaram revoltados com paralisação e bloquearam acesso a terminais de integração que ficaram vazios
Elaize Farias Manaus

A promotora dos direitos do consumidor do Ministério Público Estadual (MPE), Sheila Camargo, disse que a prefeitura foi omissa diante da greve dos rodoviários desta terça-feira (10) em Manaus. Sheila disse ainda, que até o fim da manhã desta terça, nenhum gestor municipal havia procurado o MPE.

Sheila Camargo disse que estava “perplexa” com o posicionamento da Prefeitura de “não fiscalizar” a ação dos rodoviários. Para Sheila, a Prefeitura da cidade tinha “todos os instrumentos” de saber, por antecipação, da mobilização dos rodoviários em paralisar o serviço de transporte coletivo.

Ainda na manhã desta terça, a promotora estava apurando as informações sobre a paralisação. Até o momento nenhum gestor municipal havia procurado o MPE.

A promotora, que entrou com um inquérito civil contra a Prefeitura e as empresas do sistema de transporte, disse que mesmo com o fim da paralisação, o MPE irá tomar medidas. “Mesmo que volte depois do almoço, o dano já está caracterizado. O poder ficou omisso e deixou que isto acontecesse”, disse a promotora.