Publicidade
Manaus
Manaus

Mudanças em itinerários de ônibus causam transtornos para população em Manaus

Alteração nas rotas das linhas de ônibus sem aviso prévio por parte da SMTU irritou e causou problemas a usuários do sistema de transporte público da capital 12/08/2014 às 17:38
Show 1
Muitos usuários estavam confusos com as mudanças nos horários das linhas de ônibus
PERLA SOARES Manaus (AM)

A falta de aviso prévio sobre a mudança de itinerários de ônibus em Manaus deixou usuários do transporte perdidos e fez com que muitos trabalhadores chegassem atrasados aos seus destinos nas zonas Norte e Leste da cidade.

Para a professora Suely Furtado Lima, 44, que antes pegava o ônibus 074, e agora terá que pegar o 008, que faz o trajeto do bairro Ouro Verde para o bairro do São José 3, ambos na Zona Leste, a mudança não vale a pena, pois mudou o número da linha do ônibus e aumentou o trajeto.

“Não nos avisaram, eu tenho horário para chegar ao trabalho, há anos eu chego à escola no mesmo horário. O ônibus mudou o itinerário e isso faz com que o tempo de chegada também seja alterado”, disse a professora.

Outra trabalhadora que não se agradou com a mudança foi a empregada doméstica Luiza Silva, 52, que trabalha no Centro. Ela afirmou que o ônibus que costuma pegar não tinha nenhum aviso sobre a mudança e, somente segunda-feira (11), quando comprou o jornal, ficou sabendo. 

“Quem é responsável pela troca poderia ter avisado bem antes para isso não ter acontecido. Agora não tenho como avisar a minha patroa, estou sem crédito de celular e ela vai se atrasar no trabalho dela também, pois ela só sai quando eu chego”, disse a doméstica.

De acordo com a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), estudos feitos por técnicos do órgão apontaram a necessidade de ajustes no planejamento de algumas linhas para aperfeiçoar a operação de todo o sistema de transporte coletivo.

Uma das alterações é a junção de linhas que possuem itinerários parecidos, onde uma é desativada e outra é mantida. O objetivo é fazer com que a frota da linha que é mantida seja acrescentada à frota da linha que é desativada, aumentando a frequência dos ônibus.

Além disso, algumas linhas estão sendo remanejadas entre as empresas, considerando a proximidade entre a garagem e os terminais de bairro. De acordo com a SMTU, as mudanças já estão sendo realizadas e ocorrerão no decorrer do mês.

A redistribuição de linhas se tornou possível após a aprovação do Acordo Operacional (Acop) entre as empresas, no dia 11 de outubro, com o Decreto n.º 2.666, da Prefeitura de Manaus.

Antes do consórcio, cada empresa operacionalizava as linhas de forma isolada. A partir do consórcio, as linhas continuam sendo planejadas pela SMTU, mas a administração delas é feita pelo Acop e não pelas empresas de maneira independente.

Estratégia

O superitendente Municipal de Transportes Urbanos, Pedro Carvalho, informou que nem toda mudança será mantida. Caso a maioria da população considere que não melhorou, as mudanças serão repensadas. “Mudamos para melhorar e, com isso, reduzir o custo operacional e o tempo de deslocamento. Se não funcionar, vamos buscar outra opção”.