Publicidade
Manaus
Manaus

Mulher morta enforcada com calcinha era garota de programa, diz polícia

De acordo com informações da Polícia Civil, um homem que tinha relacionamento com a vítima, é o principal suspeito da autoria do crime 10/10/2012 às 11:00
Show 1
Fachada da Pousada Laser, onde a mulher foi encontrada morta
acritica.com Manaus (AM)

Morta enforcada com a própria calcinha em um quarto de motel, Maria Divina Pereira da Silva, 24, era garota de programa há dois anos, segundo aponta o andamento do inquérito policial do caso.

De acordo com informações da Polícia Civil, um homem que tinha relacionamento com a vítima, é o principal suspeito da autoria do crime. Ele foi ouvido nessa terça-feira (9), na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

O suspeito negou em depoimento participação no assassinato. Mas indícios revelam que ele pode ter assassinado Maria, após descobrir que ela era uma profissional do sexo.

Uma suposta amiga da vítima será a próxima testemunha a prestar depoimento à polícia sobre o caso. A Polícia Civil não fornece detalhes sobre o caso para não comprometer as investigações.

Crime
Na noite do dia 4 deste mês, por volta das 20h, um homem enforcou e matou a vítima com a própria calcinha dela na Pousada Laser, localizada na Avenida Autaz Mirim, bairro Cidade de Deus, Zona Leste.