Publicidade
Manaus
APURAÇÕES

Mulher que atropelou ciclista na Ponta Negra é servidora da SSP e será investigada

Delegado aguarda resultado de exames para saber se ela responderá por embriaguez ao volante e lesão corporal ou apenas um TCO 06/09/2017 às 16:42
Show whatsapp image 2017 09 05 at 20.45.36
Ciclista foi atropelado pela motorista, que disse ter se distraído ao celular (Foto: Divulgação)
Fábio Oliveira Manaus

O 19° Distrito Integrado de Polícia instaurou inquérito para investigar se a servidora administrativa Raissa Meiry Conegundes Mineiro irá responder pelos crimes de embriaguez ao volante e lesão corporal ou apenas um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Na noite de ontem, ela atropelou um ciclista na Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus.

Em seu depoimento, Raissa, que faz parte do quadro da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), alega que se distraiu ao atender uma ligação de celular. Ela relata que parou o veículo e prestou os primeiros socorros, além de entregae sua documentação aos ciclistas.

Segundo o delegado Paulo Benelli, titular do 19°DIP, a condutora do veículo se negou ao fazer o teste de bafômetro e alegou que em depoimento que não ingeriu bebida alcoólica. Benelli ressaltou que aparentemente, A motorista não apresentava sinais de embriaguez.

Ainda segundo Benelli, a perícia já foi realizada no veículo e na bicicleta e exames clínicos foram realizados para comprovar ou não a embriaguez ao volante. "Vamos aguardar o resultado do laudo e exames para saber se vamos encaminhar o inquérito por embriaguez e lesão corporal ou transferir para o TCO de lesão no trânsito", explicou.