Publicidade
Manaus
Manaus

Nove bairros estão parcialmente sem energia em Manaus

Os pontos que apresentam o maior número de ocorrências são: Tarumã, Santa Etelvina, Cachoeirinha, Adrianópolis, Bairro da Paz, Alvorada, Compensa, São José e Nova Esperança 02/11/2012 às 14:37
Show 1
Apagão em Manaus
Camila Pereira Manaus (AM)

A Eletrobrás Amazonas Energia registrou até às 14h desta sexta-feira (02), feriado de finados, um total de 480 ocorrências em vários pontos da cidade, muitas, ainda, em virtude do tempestade que atingiu Manaus na última terça-feira (30).

Os pontos que apresentam o maior número de ocorrências são: Tarumã, Santa Etelvina, Cachoeirinha, Adrianópolis, Bairro da Paz, Alvorada, Compensa, São José e Nova Esperança. Porém, existem registros de praticamente todas as zonas da cidade que apresentam algum tipo de problema isolado, alguma rua ou área, mas não um bairro inteiro.

Ainda de acordo com assessoria de comunicação da concessionária, foram recebidos chamados, inclusive, na zona rural do amazonas. Garante, ainda, que as equipes técnicas estão distribuídas por todas as zonas para atender aos chamados.

Segundo a concessionéria, total de 85% do fornecimento de energia elétrica foi restabelecido. “Restando normalizar agora os problemas isolados como: postes quebrados, redes partidas, curto circuito na rede...”, diz trecho de nota.

A previsão da Amazonas Energia é que o abastecimento seja normalizado em 100%, neste sábado (3).

Manifestações

A manhã desta sexta-feira foi marcada por uma manifestação na Zona Oeste de Manaus. Moradores do bairro Compensa II reuniram-se na Rua São João e atearam fogo em tambores. De acordo com os populares, algumas partes do bairro ainda estão sem energia desde a noite da última terça-feira quando ocorreu a tempestade.

Na noite desta quinta-feira (01), os manifestantes dos bairros Compensa I, II, III, Vila Marinho e Santo Agostinho, na Zona Oeste, escolheram a Ponte Rio Negro, que também estava sem energia, para fazer as reivindicações

Já no bairro Presidente Vargas, na comunidade do Bariri, dezenas de moradores queimaram entulhos, na ponte do São Raimundo, na Avenida Caco Caminha. O corpo de bombeiros chegou ao local para conter o fogo.