Publicidade
Manaus
Manaus

Nove mil policiais vão trabalhar durante as eleições do Amazonas

Cidades como Coari, e Tefé e Manacapuru já receberam tropas especializadas, segundo o Comando de Polícia do Interior. Em Manaus, 1.374 homens foram disponibilizados e o programa Ronda no Bairro não deve ser afetado 04/10/2012 às 13:22
Show 1
De acordo com Almir Davi, 9.000 militares podem atuar nas Eleições 2012
Thiago Gonçalves Manaus (AM)

O efetivo de nove mil policiais militares está preparado para atuar no esquema de segurança do Estado nas eleições deste ano. É o que garante o comandante-geral da Polícia Militar do Amazonas, coronel Almir David. O alvo são ocorrências de compra de votos, segurança das urnas, atos de violência e outros delitos que comprometam as votações, além da garantia de segurança dos juizes eleitorais e promotores de Justiça. 

De acordo com o comandante geral da PM-AM, 1.374 homens são disponibilizados para fazerem os trabalhos de policiamento na capital, e 2.729 policias atuarão nos municípios do interior. “Nós temos nove mil homens em condições para atuarem em todo estado”, disse Almir David.

Ainda de acordo com o comandante-geral, tropas especializadas estarão prontas para serem empregadas, se for necessário.

Interior
Em municípios do interior, onde poderá haver ocorrências mais graves no pleito deste ano, o reforço do policiamento será maior, de acordo com o comando-geral da Polícia Militar.

Cidades como Coari, Tefé e Manacapuru já receberam tropas especializadas, segundo o Comando de Polícia do Interior. Cerca de novecentos policiais militares já foram enviados para o interior do Estado.

Ronda no Bairro
O esquema especial para as Eleições 2012 não altera as atividades do programa de segurança Ronda no Bairro, na capital.

Custo
O planejamento para as eleições deste ano foi feito seis meses atrás e tem orçamento de R$ 3 milhões.