Publicidade
Manaus
CRESCIMENTO

Número de homicídios aumenta quase 20% em Manaus no ano de 2017, aponta SSP-AM

A quantidade de furtos subiu 25,49% e a de roubos cresceu 5,96% na comparação com 2016. Números são dos indicadores de criminalidade da Secretaria de segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) 17/01/2018 às 18:22
Show show
Foto: Jander Robson/Arquivo AC
Vitor Gavirati* Manaus (AM)

O número de furtos, homicídios e roubos registrados em Manaus aumentou no ano de 2017 em comparação com 2016, conforme dados dos indicadores de criminalidade da Secretaria de segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Os furtos aumentaram 25,49%, os homicídios cresceram 19,97% e os roubos subiram 5,96%.

Em 2017, foram registrados 33.350 furtos (subtração da coisa alheia sem violência), enquanto em 2016 ocorreram 26.574. Ou seja, no ano passado, em Manaus, aconteceram 6.776 furtos (subtração da coisa alheia sem violência) a mais do que no ano retrasado.

De acordo com os dados da SSP-AM, Manaus registrou um aumento de 160 homicídios no ano passado em comparação com 2016. No ano retrasado, aconteceram 801 crimes do gênero. Já em 2017, o número subiu para 961 casos.

Os roubos, quando há o uso de violência, saltaram de 40.851, em 2016, para 43.288 no ano passado. Um crescimento de 2.437 ocorrências.

Latrocínios e tentativas de homicídio diminuíram

Segundo os número da SSP-AM, no acumulado de janeiro a dezembro do ano passado, a capital amazonense registrou 63 latrocínios (roubos seguidos de morte), número 31% menor – 28 ocorrências a menos – que o registrado em 2016, quando ocorreram 91 crimes do tipo.

Os registros de tentativa de homicídio em Manaus somaram 216 ocorrências em 2017 frente a 272 em 2016, uma redução de 21% (56 casos a menos).

Outro dado que pode ser interpretado como positivo é o aumento na recuperação de veículos e objetos na capital, que cresceu 28%. Em 2017, foram encontrados 41.113 materiais furtados contra 32.216 em 2016 – 8.897 a mais.

Quedas no último trimestre de 2017

Apesar de ter registrado aumentos no número de alguns tipos de crime, a SSP-AM aponta que Manaus registrou redução de 7% no número de homicídios e 13% na quantidade de latrocínios no último trimestre de 2017 na comparação com o mesmo período de 2016. O período compreende a gestão do governador Amazonino Mendes.

Os casos de tentativa de homicídio (-15%), furtos a estabelecimentos comerciais (-24%), roubos a pedestres em vias públicas (-25%) e roubos a estabelecimentos comerciais (-32%) também diminuíram entre outubro e dezembro do ano passado.

De acordo com as estatísticas da SSP-AM, as ocorrências de homicídios e roubos a estabelecimentos comerciais alcançaram o menor patamar trimestral do ano entre outubro e dezembro de 2017.

No período, Manaus registrou 192 mortes violentas, 7,2% a menos que nos últimos três meses de 2016, quando ocorreram 206 homicídios. A quantidade de roubos a estabelecimentos comerciais foi 36% inferior ao registrado no último trimestre de 2016. Ano passado, foram 821 casos, enquanto em 2016, o número foi de 1.208 casos.

Os latrocínios também apresentaram redução no último trimestre, queda de 13%. No período, Manaus teve 20 casos, enquanto nos últimos três meses de 2016 a cidade registrou 23 casos.

O número de tentativas de homicídio foi de 74, entre outubro e dezembro de 2016, e 63 casos, no mesmo período de 2017, uma redução de 15%.

No último trimestre, a capital teve 1.824 furtos a estabelecimentos comerciais registrados, número 24% inferior ao registrado no mesmo período de 2016, quando ocorreram 2.402 casos. Os roubos a pedestres em via pública caíram 25%, com 5.294 casos registrados.

A quantidade de armas apreendidas foi a maior entre os quatro trimestres de 2017. No período, foram apreendidas 186 armas de fogo. O quantitativo de apreensão de entorpecentes também foi o maior entre os quatro trimestres de 2017, totalizando 6.618,03 toneladas.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade