Publicidade
Manaus
Manaus

Oitavo taxista é assassinado após ter carro roubado em Manaus

Colegas da categoria suspeitam de que um homem identificado como "Julinho do Areal" tenha cometido o crime 25/07/2012 às 11:02
Show 1
Oitavo taxista é assassinado após ter carro roubado em Manaus
acritica.com Manaus

Um homem identificado como “Julinho do Areal” é considerado por taxistas de Manaus como o principal suspeito de ter matado mais um profissional da categoria na madrugada desta quarta-feira (25). José Vieira dos Santos, 57, conhecido como “Baiano” morreu com um tiro na nuca, no bairro do Educandos, Zona Sul de Manaus. Ele é a oitava vítima da ação dos assaltantes só este ano na cidade. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV).

De acordo com informações preliminares, “Julinho do Areal” roubou o carro de Roberto, um veículo modelo Siena e placa NOJ 7998, e ainda fez dois assaltos a postos de gasolina e atingiu um vigilante.

O carro da vítima foi encontrado na Rua 01 do bairro Monte Sinai, atrás da Força Construtiva, Zona Norte de Manaus.


O suspeito já tem passagem pela polícia. Ele teria matado um taxista no ano de 2009 e ao sair da prisão, matou mais dois profissionais e cometeu assaltos contra outros motoristas, segundo informações de colegas da vítima.

De acordo com o presidente do sindicato da categoria, Luiz Augusto, vários taxistas de Manaus fecharam todos os acessos e paralisaram o tráfego de veículos na rotatória da Suframa na manhã desta quarta (25), em protesto pela morte do colega e para chamar a atenção das autoridades.

“Nós queremos mesmo é uma providência da secretaria de segurança pública”, ressaltou.

Segundo um dos taxistas que estava no local da manifestação, o trânsito na rotatória ficou paralisado cerca de uma hora e meia com aproximadamente 50 carros fechando todos os acessos da rotatória.