Publicidade
Manaus
Manaus

ONG‘s questionam gastos de R$ 143 mi com o ‘Ronda no Bairro’

Pedido de apuração do contrato com a empresa Delta foi entregue ao MPF 10/04/2012 às 08:29
Show 1
Amazonas,Manaus,ONGs,questionam,gastos,Ronda Bairro
Jornal A Crítica Manaus (AM)

O Instituto Amazônico da Cidadania (Iaci) e a Central dos Movimentos Populares (CMP) pediram nesta segunda-feira (9) ao Ministério Público Federal (MPF) que investigue o contrato de R$ 143 milhões firmado entre o Governo do Amazonas e a empresa Delta Construções  para o aluguel de veículos destinados ao programa Ronda no Bairro.

O pedido de investigação se baseia em reportagem publicada na edição do A CRÍTICA do dia 2 de fevereiro deste ano. A matéria mostra que empresa venceu os processos licitatórios para atender o principal programa na área de segurança da gestão do governador Omar Aziz. A Delta Construções é responsável por obras de recuperação da BR-174, estrada federal que liga o Amazonas ao Estado de Roraima. Na Junta Comercial do Estado (Jucea), a firma está registrada no ramo de construção de rodovias e ferrovias.

No documento entregue ao MPF, as organizações não-governamentais (ONG‘s) pedem que seja apurado se houve repasse de verbas federais para o aluguel de viaturas do Ronda no Bairro. Pede também que, se comprovado o uso de dinheiro do Governo Federal, que o processo de licitação passe por investigação. Por fim, solicitam que o Estado torne público todas as informações referentes aos gastos desse contrato.

A falta de informações sobre esse contrato foi citada na  matéria do A CRÍTICA. A Delta encabeça um consórcio para fornecer 252 viaturas com equipamentos eletrônicos.

Por meio de sua Agência de Comunicação, o Governo do Estado informou que, quando for notificado pelo MPF, prestará os esclarecimentos necessários sobre o assunto.