Publicidade
Manaus
Manaus

Operação da Semulsp retira lixo dos igarapés de Manaus

Os principais alvos da ação estão sendo os igarapés da bacia do Educandos e São Raimundo. Equipes em terra também auxiliam na limpeza em igarapés das zonas Norte e Leste da capital 14/04/2012 às 13:25
Show 1
A limpeza nos rios da cidade custa mensalmente para o cofre municipal R$ 500 mil. O que representa um gasto anual de R$ 6 milhões
JOELMA MUNIZ Manaus

A Secretaria Municipal de Limpeza e Serviços Públicos (Semulsp) realiza neste sábado (14), operação para retirar lixo dos igarapés que cortam a cidade. À medida que de acordo com o subsecretário da pasta Túlio Kniphoff, é feita pela secretaria rotineiramente, está sendo intensificada por conta da cheia dos rios.

Os principais alvos da ação estão sendo os igarapés da bacia do Educandos e São Raimundo, mas, equipes em terra estão auxiliando na limpeza em igarapés das zonas Norte e Leste da capital.

“Temos pelo menos 150 profissionais envolvidos na ação. Sem contar os 70 que contribuem para tratar do embelezamento da cidade”, disse, ressaltando as tentativas do órgão de sensibilizar a população para a conservação dos igarapés.

Segundo Túlio Kniphoff, após cada ação de limpeza, equipes de ‘sensibilizadores’ vão até as casas dos ribeirinhos para realizar atividades de educação ambiental.

Em valores

O subsecretario destacou em conversa com a reportagem do Portal acrítica.com, que a limpeza nos rios da cidade custa mensalmente para o cofre municipal R$ 500 mil. O que representa um gasto anual de R$ 6 milhões.

“Este valor poderia ser revestido para investimentos em segmentos vitais para a sociedade”, frisou.