Publicidade
Manaus
Manaus

Operário morre e dois ficam feridos após queda de raio na Zona Norte de Manaus

O corpo do trabalhador que não resistiu foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML). Os dois que ficaram feridos são mantidos hospitalizados, sendo que um deles corre o risco de morrer, segundo informações da categoria 21/10/2012 às 15:43
Show 1
Corpo do trabalhador morto foi removido pelo IML
Thiago Gonçalves Manaus (AM)

O operário Adel Vieira Lopes, 40, morreu e outros dois ficaram feridos após serem atingidos por um descarga elétrica natural, em um canteiro de obras do programa habitacional "Minha Casa, Minha Vida", no bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus, na tarde deste sábado (20), durante uma tempestade. As vítimas ainda foram socorridas.

O corpo do trabalhador que não resistiu foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML). Os dois que ficaram feridos são mantidos hospitalizados. O  quadro de saúde deles é considerado estável, segundo informações obtidas pela categoria.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil no Amazonas (Sintracomec-AM), Cícero Custódio, informou que os trabalhadores perfuravam o solo e preenchiam caixarias que dão forma as estruturas dos apartamentos quando foram atingidos pelo raio.

“Havia um grupo de trabalhadores no local. Infelizmente três foram atingidos. Na segunda-feira, pela manhã, será feito o procedimento para apurar se os operários estavam utilizando equipamentos de segurança necessários”, afirmou Custódio. Representantes do Sintracomec, do Ministério Público e da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) farão uma fiscalização no canteiro de obras. 

Enterro
O corpo de Adel foi velado na residência da família dele, localizada no bairro Mauazinho, na Zona Leste de Manaus. O enterro foi no cemitério Parque Tarumã, Zona Oeste, na tarde deste domingo (21).