Publicidade
Manaus
Cotidiano, Copa 2014, Arena da Amazônia, Direitos Trabalhistas, Paralisação, Andrade Gutierrez, MPT/AM

Operários da Arena da Amazônia param as atividades, em Manaus

Categoria alega que esta foi a forma encontrada para chamar a atenção da empresa Andrade Gutierrez e do Ministério Público do Trabalho 22/03/2012 às 12:29
Show 1
Aproximadamente 150 trabalhadores paralisaram as atividades nas obras da Arena da Amazônia
acritica.com Manaus

Desvio de função, salários inferiores ao piso estabelecido à categoria, não pagamento de horas extras são algumas das reclamações de aproximadamente 150 trabalhadores que atuam nas obras da Arena da Amazônia, localizada no bairro Alvorada, Zona Oeste de Manaus, que paralisaram as atividades na manhã desta quinta-feira (22).

A paralisação dos trabalhos, de acordo com um grupo de operários - que preferiu não se identificar, por temer represálias -, foi a forma encontrada para que representantes da empresa Andrade Gutierrez ouçam a categoria, além de chamar a atenção de órgãos como o Ministério Público do Trabalho (MPT/AM), por exemplo.

A Andrade Gutierrez por meio de sua assessoria de comunicação informou que uma comissão da empresa reuniu com os trabalhadores e iria avaliar as reivindicações da categoria. A empresa também informou que deverá se posicionar sobre a paralisação dos trabalhadores até o final do dia.