Publicidade
Manaus
Economia, Ovos de Páscoa, Ovos de Chocolate, Supermercados, CDC/ALEAM, Cesta Básica

Ovos de Páscoa podem custar o mesmo preço de itens da cesta básica

Tamanho e marca influnciam nos valores dos produtos, que muitas vezes são o equivalente a um ou mais itens dos 12 que integram uma cesta básica   21/03/2013 às 16:58
Show 1
Dependendo do tamanho e da marca um ovo de chocolate equivale a intens da cesta básica
acritica.com Manaus

Uma pesquisa recém-divulgada pela Comissão de Defesa do Consumido, da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), em supermercados de diferentes Zonas de Manaus, constatou uma diferença de até 175,5% no valor dos ovos de Páscoa. Afora a diferença exorbitante entre os produtos, o preço de um ovo de Páscoa muitas vezes equivale a aquisição de alguns dos 12 itens que integram a cesta básica.

O preço de um ovo Alpino (nº 23), de 750gr, - no DB da Cidade Nova, na Zona Norte de Manaus -, por exemplo, que custa R$ 48,50, equivale à compra de um quilo de arroz, um quilo de feijão, uma lata de óleo e um quilo de açúcar.

Já um ovo Chokito (nº 15), de 240gr, que sai a R$ 20,20, também no mesmo estabelecimento, é praticamente o mesmo valor pago por um quilo de Contra-Filé – cujo preço médio varia de R$ 18,90 a R$ 20,90 -, ou ainda a um quilo de Bisteca (R$ 13,90).

“A Páscoa atualmente tem mais apelo comercial do que religioso, mas apesar dos preços um pouco salgados, todo mundo sempre acaba comprando um ovo ou uma caixa de chocolate, para presentear os familiares, principalmente as crianças da família”, declara a engenheira civil Ana Paula Cardeñas, 39, que nessa quarta-feira (20), já antecipava os chocolates da Páscoa para os filhos e sobrinhos.

Para a aposentada Regina Menezes Pereira, 65, o ideal “é pesquisar e não sair comprando os primeiros chocolates que encontra pela frente”.

“É bem verdade que com o valor de um ovo de Páscoa você compra produtos de uma cesta básica, mas geralmente quem tem a tradição de comprar ovos de chocolates não está preocupado em fazer tal comparação, porque poupou para comprar ou faz pesquisa de preços”, opina.

Pesquisa
A pesquisa realizada pela Comissão de Defesa do Consumidor da ALE-AM, nas duas últimas semanas, avaliou produtos de duas marcas Lacta e Garoto nos supermercados Carrefour e DB, ambos localizados no bairro Cidade Nova, na Zona Norte; Veneza, no bairro Parque 10 de Novembro, Zona Centro-Sul de Manaus; Nova Era, no bairro Flores, também na Zona Centro-Sul; e Baratão da Carne, no bairro Betânia, Zona Sul. 

A maior variação entre o valor dos ovos, de 175,5%, foi encontrada na venda do ovo Batom (nº12), da Garoto. De acordo com o levantamento, o ovo é comercializado a R$ 7,80 no DB e a R$ 21,49 no Baratão da Carne.

Mas as grandes diferenças não param por aí. Quem quiser presentear alguém com um Diamante Negro (nº20), da Lacta, terá de pesquisar um pouco para não ter de desembolsar um dinheiro a mais. Isso porque o valor do ovo apresentou uma diferença de preço de 102,7%. O mesmo produto pode ser encontrado a R$ 18,20 (DB); R$ 29,42 (Nova Era) e R$ 36,90 (Carrefour).  

Outro ovo da Garoto também apresentou grande variação de preço. O Serenata de Amor (nº 15) é comercializado a R$ 17,50, no DB, enquanto no Carrefour, na mesma zona da cidade, é vendido R$ 24,90. Isto é, 42,29% mais caro.

Já a menor variação foi encontrada no preço do ovo Talento (nº 20): 14,93%. De acordo com a CDC-ALEA-AM, o item é vendido a R$ 27,40 em dois supermercados (DB e Veneza), e não sai por menos de R$ 31,49 no Baratão da Carne.

“A pesquisa foi realizada para servir de base aos consumidores, uma vez que neste período da Páscoa é comum encontrar grandes diferenças de preços de um mesmo produto em locais diferentes. Mas de posse desse levantamento, o consumidor poderá buscar o local que oferece preços mais em conta”, ressaltou o presidente da CDC-ALE-AM, deputado estadual Marcos Rotta (PMDB).

Além disso, afirmou Rotta, o consumidor deve ficar atento quanto às marcas, uma vez que isso influencia bastante no preço do produto.

“O consumidor deve evitar o que está na moda. Ovos com motivos de desenho são os mais caros e para não cair em tentação a melhor saída é adquirir produtos simples, sem marcas famosas”, alertou Rotta.