Publicidade
Manaus
Manaus

Pacientes da Fundação Dr. Thomas recebem atendimento oftalmológico gratuito

Capital com 1,8 milhão de pessoas com cegueira, Manaus recebe, hoje (9), ação de saúde para "cuidar da vista" dos idosos 08/10/2015 às 21:07
Show 1
Mais de 3,4 milhões de pessoas têm deficiência visual no Amazonas, segundo o Censo 2010. As cirurgias, feitas em mutirão no interior, fazem parte da estratégia da Susam
Silane Souza Manaus (AM)

Ontem (dia 8) foi comemorado, pela Organização Mundial da Saúde, o Dia Mundial da Visão. Em Manaus, onde vivem mais de 1,8 milhão de pessoas com algum grau de cegueira, haverá uma ação, hoje (9), na Fundação Dr. Thomas, localizada no bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul, para oferecer atendimento oftalmológico gratuito aos pacientes da instituição, além de alertar sobre a importância dos cuidados com os olhos. A iniciativa é da Essilor – multinacional francesa fabricante das lentes multifocais Varilux® e do antirreflexo Crizal ®.

O evento também conta com a parceria da Ótica Avenida e da Clínica Vision do Shopping Millennium, que disponibilizou uma unidade móvel para realizar os atendimentos. Em torno de 150 idosos da Fundação Dr. Thomas devem fazer exames mais detalhados. Além disso, sendo comprovada a necessidade de correção, os pacientes poderão escolher as armações que desejarem e receberão, posteriormente, os óculos com as lentes oftálmicas adequadas e doadas pela ótica.

Atendimento

Na capital, o secretário estadual de Saúde, Pedro Elias de Souza, informou que a especialidade de Oftalmologia é oferecida pela Susam em policlínicas da rede estadual e em clínicas conveniadas. Conforme ele, mesmo sendo um serviço de Atenção Básica, no que se refere à prevenção e aos atendimentos de menor complexidade, o Governo do Estado tem reforçado a oferta dessa especialidade, incluindo as consultas de glaucoma e o acesso às cirurgias de retina.

Ele destacou que também há ações direcionadas ao interior do Estado, com o objetivo de ampliar e facilitar o acesso da população aos tratamentos na área de Oftalmologia. “Uma das mais importantes ações direcionadas ao interior são as consultas oftalmológicas e as cirurgias de catarata realizadas através do programa Amazonas Saúde Itinerante, executado pelo Governo do Estado em parceria com o Ministério da Saúde”, revelou.

O secretário salientou que o projeto mantém um calendário anual de jornadas de atendimento nos municípios. Nesta semana, por exemplo, o programa está realizando, no Município de Apuí, uma jornada de consultas com oftalmologista, que deve atender aproximadamente 500 pacientes. O atendimento na referida cidade vai até este sábado.

Ainda em outubro, conforme Pedro Elias, esse tipo de ação será levado aos municípios de Alvarães (de 9 a 11), Itacoatiara (16 a 21); Japurá (22 a 27); e Uarini (de 30/10 a 1°/11). “Também está prevista, para o período de 14 a 16, uma jornada de cirurgias de catarata em Presidente Figueiredo”, acrescentou o secretário.

De acordo com Pedro Elias de Souza, somente de janeiro a setembro deste ano estas jornadas somaram 12.526 consultas, a dispensação de 7.538 óculos para os casos prescritos pelo médico e a realização de 677 cirurgias de catarata.

Em números

A quantidade de pessoas com deficiência visual em todo o Amazonas é de 3.483.985, sendo que 8.214 são cegas, 113.045 têm média visão, e 530.003 baixa visão, de acordo com o Censo 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Conforme o disseminador de informações do órgão no Estado, Adjalma Nogueira Jaques, só na capital a cegueira atinge mais de 1,8 milhão de pessoas.

Transplantes

Entre os serviços de alta complexidade ofertados pela Secretaria Estadual de Saúde (Susam), um dos mais importantes é o transplante de córnea.

Segundo dados da Central de Transplantes do Estado do Amazonas, desde que esse tipo de procedimento começou a ser oferecido na rede estadual de saúde, no ano de 2003, 1.398 cirurgias do tipo já foram realizadas. Os mutirões de atendimento e cirurgias completam a estrutura de atendimento.