Publicidade
Manaus
Manaus

Paço Municipal será entregue ainda este ano, assegura Amazonino Mendes

A obra havia sido iniciada em 2006 e estava sendo realizada por meio de convênio com o Ministério da Cultura, dentro do programa Monumenta. 18/12/2012 às 18:58
Show 1
Em 2009, foi observada a lentidão dos serviços no restauro do Paço da Liberdade; em julho de 2010, uma nova licitação foi realizada
acritica.com Manaus (AM)

O prefeito Amazonino Mendes inspecionou na manhã desta terça-feira (18) os últimos detalhes da obra de restauração do Paço Municipal, antiga sede da Prefeitura de Manaus, no centro da cidade. Após a vista, Amazonino assegurou que a obra será entregue até o final deste ano.

Construído no final do século 19 (1874), o prédio, cuja denominação oficial é “Paço da Liberdade”, entrou em seu último estágio, com a aplicação do piso, iluminação e pintura, com a sua conclusão prevista para fevereiro de 2012. Em 133 anos de existência esta é a primeira vez que o Paço Municipal é submetido a uma restauração, ao custo de R$ 3,7 milhões de reais de recursos próprios da Prefeitura de Manaus.

A obra havia sido iniciada em 2006 e estava sendo realizada por meio de convênio com o Ministério da Cultura, dentro do programa Monumenta. No entanto, pouco após o início da obra, que estava sendo feita pela empresa Pirâmide, vencedora da licitação, ocorreu o embargo pelo Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional (Iphan) em função de haverem sido encontradas urnas funerárias no local, que prejudicou o andamento dos serviços por três anos.

Na mudança da administração municipal em 2009, com a aproximação do fim do convênio 53/2004 com o Monumenta e o desinteresse da empresa em seguir com as obras, optou-se pelo rompimento de forma amigável, no fim desse mesmo ano. Em 2010 uma nova licitação foi realizada e a construtora Biapó foi a vencedora.

Na área do Paço Municipal, onde vai funcionar o Museu da Cidade, está sendo recuperado também o seu entorno, que inclui o Coreto Chafariz, Praça 9 de Novembro, as casas número 69 e 77 da Rua Bernardo Ramos, além da construção do estacionamento rotativo na rua 7 de Setembro.