Publicidade
Manaus
AULAS

Pais de alunos reclamam da suspensão das aulas na Creche Infante Tiradentes

Segundo eles, as aulas foram suspensas na última sexta-feira (6), devido o encerramento do contrato com a empresa que fornecia a alimentação das crianças. A unidade comporta mais de 500 alunos de baixa renda entre 1 a 5 anos, que estudam em regime integral (de 7h às 16h) ou meio período 10/05/2016 às 11:13 - Atualizado em 10/05/2016 às 11:56
Show 1080542
O motivo da suspensão seria o encerramento do contrato com a empresa que fornecia a alimentação das crianças (Foto: Clóvis Miranda)
Kelly Melo Manaus (AM)

Sem definição de retorno às aulas da Creche Infante Tirandes, administrada pela Polícia Militar, no bairro Petropólis, na Zona Sul da capital, pais de alunos voltaram a reclamar da falta de informação. Segundo eles, as aulas foram suspensas na última sexta-feira (6), devido o encerramento do contrato com a empresa que fornecia a alimentação das crianças.

De acordo com a universitária Juliana Roza, 26, mãe de um aluno de 1 ano e nove meses, todos os pais foram pegos de surpresa na semana passada. “A direção afirmou na reunião de pais, que as aulas estariam suspensas até que uma nova empresa fosse contratada. O problema é que esse comunicado foi feito muito em cima da hora e os pais não tem com quem deixar os filhos”, disse ela, que acredita que faltou transparência na administração da escola.

Ainda segundo a mãe, ontem a escola não funcionou novamente e não há previsão de retorno. “O comandante-geral chegou a dizer que as aulas foram suspensas por causa de uma dedetização na escola, mas a ata que assinamos foi bem clara e lá dizia que a suspensão é mesmo por falta da alimentação das crianças”, sustentou.

A assistente social Nathália Palmeira, 29, mãe de uma aluna de quatro anos, disse que todos os pais estão revoltados com a situação e lamentou o problema. “Essa escola é muito boa e a alimentação das crianças nunca teve qualquer problema. Mas de repente fomos informados sobre a suspensão das aulas. Isso não poderia acontecer porque estamos em pleno ano levito, e as crianças vão acabar sendo prejudicadas”, afirmou.

Aulas normal

Em nota, o Comando Geral da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) informou que a Creche Infante Tiradentes a logística da merenda escolar da unidade já está sendo reajustada, mas não informou quais medidas estão sendo tomadas.

A nota também informa que as aulas da creche devem ser normalizadas nesta terça-feira, sem prejudicar as atividades oferecidas às crianças.

A unidade comporta mais de 500 alunos de baixa renda entre 1 a 5 anos, que estudam em regime integral (de 7h às 16h) ou meio período.

Pais foram informados sobre a suspensão das aulas

Na semana passada os pais dos alunos da Creche Tiradentes foram informados sobre a suspensão das aulas durante uma reunião entre a direção da unidade e os pais da crianças.

O assunto foi registrado em ata, assinada pelos pais, e o que os deixou preocupados, sem terem outra opção para deixar os filhos. Ainda segundo eles, o contrato com a empresa fornecedora vendeu no final do mês de abril. Por telefone, o comandante-geral da PM, James Frota, chegou a informar que as aulas não estavam suspensas e que a unidade apenas passaria por uma dedetização. No entanto, as aulas não foram normalizadas ontem, conforme anunciado anteriormente.

De acordo com a Polícia Militar, a normalização das aulas será feita hoje, já que a instituição conseguiu resolver a problemática da alimentação das crianças.

Uma nota publica no site da instituição comunica os pais sobre a retomada das aulas, nesta terça-feira, na unidade localizada na rua Aristides Rocha, no bairro Petrópolis, na Zona Sul de Manaus.