Publicidade
Manaus
Cotidiano, Hospital João Lúcio, Amazonas Energia

Pane de energia compromete atendimento em hospital da Zona Leste de Manaus

Funcionários do Hospital João Lúcio reclamaram da demora no atendimento por parte da Amazonas Energia. Dezoito pacientes estavam internados na UTI da unidade de saúde 30/01/2012 às 20:31
Show 1
O Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar o fogo no gerador de energia do pronto-socorro
Síntia Maciel e Joelma Muniz Manaus

A interrupção no fornecimento de energia, nas imediações do Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, localizado no bairro São José, Zona Leste de Manaus, comprometeu o atendimento dos pacientes, naquela unidade de saúde, na manhã desta segunda-feira (30).

Para agravar o problema o grupo gerador do hospital que deveria ter entrado em operação assim que fosse detectada a falta de energia entrou em pane.

A informação foi confirmada pela enfermeira responsável pela Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Suzane Teixeira. De acordo com ela, 18 pessoas se encontram internadas na UTI do João Lucio, ligadas a aparelhos que necessitam essencialmente de energia elétrica para funcionar.

“Quando há queda de energia elétrica, o grupo gerador começa a funcionar dentro de 25 segundos, após a interrupção. Mas, dessa vez ele entrou em curto-circuito, pegando fogo, em seguida”, relatou a enfermeira, preocupada com o estado de saúde de seus pacientes.

Ainda segundo ela, servidores do hospital teriam gasto aproximadamente 40 minutos no atendimento do Call Center, da Amazonas Energia, tentando obter resposta  sobre o que teria comprometido o fornecimento de energia para a unidade de saúde, bem como solicitando o restabelecimento da mesma.    

Apesar da energia ter sido restabelecida às 12h, por volta das 13h30, uma nova interrupção foi verificada no local.  

O trânsito no entorno do hospital também ficou comprometido. Agentes de trânsito foram deslocados para a área para orientar o fluxo de veículos. 

Informações
A falta de energia no local, deixou boa parte dos pacientes e acompanhantes, bem como pessoas que foram ao local em busca de atendimento, atônitos.

De acordo com policial civil, James Figueiredo, que acompanhava um irmão no hospital, ao menos três ambulâncias do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) tiveram que ser enviadas para outros hospitais, em virtude da falta de energia no local.

“Cheguei com o meu irmão às 6h, para acompanhá-lo em alguns exames e dependendo do caso, ficar internado. Por volta das 10h, houve uma queda de energia, mas quem aguardava do lado de fora do hospital não foi comunicado sobre o que estava ocorrendo”, relatou Figueiredo.

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) informou que o Hospital e Pronto Socorro João Lúcio teve interrupção de energia elétrica por 1 hora e 5 minutos, na manhã desta segunda-feira (30). Sendo os serviços de cirurgia e assistência em UTI mantidos por equipamentos como No Break capaz de garantir seu funcionamento.

A Eletrobrás Amazonas Energia informa que, às 11h12 ocorreu um desligamento automático do alimentador que atende a região do Distrito II, Zona Sul de Manaus. O problema foi ocasionado em virtude de uma cruzeta quebrada na rede de energia elétrica e foi restabelecido às 12h15, tendo um pico de energia às 13h40 para normalizar o fluxo de carga do local.