Publicidade
Manaus
Manaus

Para estuprar amigo, homem dopa vítima durante bebedeira na Zona Sul de Manaus

Segundo a PM, a filha do idoso foi quem flagrou o próprio pai sendo abusado por “Bam Bam”. Após perceber o flagrante, “Bam Bam” pulou a janela e fugiu ntrando em um matagal 06/10/2015 às 13:05
Show 1
Vítima foi parar no 28 de Agosto após ter sido estuprada pelo Kleber Bam Bam do São Francisco
fábio oliveira ---

Um idoso, de idade não revelada pela Polícia Militar, foi vítima de estupro, na madrugada de ontem, dentro da própria residência, no bairro São Francisco, Zona Sul de Manaus. O autor do crime foi identificado apenas como Kleber, conhecido como “Bam Bam” e que é amigo da vítima.

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Polícia Militar. De acordo com o setor de comunicação, a filha do idoso foi quem flagrou o próprio pai sendo abusado por “Bam Bam”. A assessoria informou que o acusado é amigo da filha, que presenciou o fato.

Após perceber que a mesma o flagrou em cima do pai, Bam Bam pulou a janela da casa e fugiu, entrando em um matagal que fica localizado próximo da residência.

Conforma a assessoria de imprensa da Polícia Militar, moradores vizinhos ainda chegaram a correr atrás do suspeito, mas não conseguiram detê-lo. Consta no relatório do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), que a filha da vítima ainda teria contado aos policiais militares da 1ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) que o pai aparentava ter sido vítima também de alguma droga do sono.

Conforme a assessoria de imprensa da PM, a guarnição 6003 não conseguiu efetuar a prisão do suspeito que, até o fechamento desta edição, ainda seguia foragido. Em seguida, os policiais da 1ª Cicom levaram a vítima ao hospital e pronto-socorro 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul, onde ele foi atendido. Ele também iria fazer exames de conjunção carnal e para verificar se ele foi realmente dopado por algum remédio.

Apesar da prática ter sido consumada, o crime não foi registrado em nenhum Distrito Integrado de Polícia (DIP).

A reportagem foi até o 1º DIP, Petróplis, mas investigadores informaram que a vítima não havia realizado nenhum boletim na unidade policial. A reportagem também foi ao endereço citado pela assessoria de imprensa da PM, mas não conseguiu falar com a vítima do estupro. A idade do idoso também não foi revelada.

Polícia tem poucas pistas

A reportagem do MANAUS HOJE entrou em contato com o comandante da 1ª Cicom, o capitão da PM Harley, mas o mesmo informou que só poderia dar maiores informações sobre o caso inusitado na manhã de hoje, pois a guarnição que atendeu a ocorrência já estava fora de serviço.