Publicidade
Manaus
Manaus

Paradas de ônibus serão transferidas para retirada de ervas das árvores do T1, em Manaus

O trânsito será interditado em uma das faixas do terminal, sentido Centro-bairros, para a continuidade ao trabalho de remoção de pragas de erva-de-passarinho (Struthantus flexicaulis) das 17 árvores localizadas no T1 04/08/2012 às 14:54
Show 1
Antes da retirada das ervas-de-passarinho, as mangueiras estavam ‘infestadas’
jornal a crítica Manaus

Os pontos de parada de linhas de ônibus convencional que transitam pelo Terminal de Integração 1 (T1), na avenida Constantino Nery, Zona Sul de Manaus, serão transferidos provisoriamente, neste sábado (4).

É que o trânsito deve ser interditado em uma das faixas do terminal, sentido Centro-bairros, para a continuidade ao trabalho de remoção de pragas de erva-de-passarinho (Struthantus flexicaulis) das 17 árvores localizadas no T1.

A ação será realizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), pela Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) e pela Eletrobras Amazonas Energia. Dentre as árvores que terão as pragas eliminadas nesta ação estão dez mangueiras (Mangifera indica). A poda de manutenção é fundamental para que o parasita não volte a reincidir e as árvores possam sobreviver.

Fiscais da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) também devem participar da ação, orientando os usuários do transporte coletivo sobre a mudança provisória dos pontos de parada.

No dia 22 de julho, A CRÍTICA alertou para a situação das mangueiras centenárias do T1 que, tomadas pela espécie de parasita denominada erva-de-passarinho, estavam “marcadas para morrer”.

Infestadas
Castanholeiras (Terminalia catappa) e apuizeiros (Parkia pendula) plantados no Centro, Zona Sul, e no canteiro central das avenidas Castelo Branco e Carvalho Leal, na Cachoeirinha, Zona Sul, também estão infestadas pela erva.