Publicidade
Manaus
Manaus

Passarela sem manutenção em Manaus põe pedestres em risco

Equipamento que corta duas das avenidas mais movimentadas de Manaus está depredado e já tem rachaduras pelo piso 26/06/2012 às 08:01
Show 1
A falta de manutenção da passarela já torna visíveis as rachaduras do piso
jornal a crítica Manaus

Os manauenses que precisam usar a passarela situada entre as avenidas Djalma Batista e Mário Ypiranga Monteiro, antiga Recife, no bairro de Flores, Zona Centro-Sul da capital, estão reclamando do mau estado de conservação da mesma que, em alguns trechos, está com uma abertura no piso que permite visualizar os carros que passam por baixo.

“Eu acho que é perigoso como está, mas pior é não ter a passarela”, disse Taís Oliveira, 20, funcionária do supermercado Carrefour, que usa o equipamento urbano diariamente.

Em vários trechos, a passarela está com o piso danificado, o que exige mais cuidado dos transeuntes, pois um passo descuidado pode resultar em uma queda do pedestre.

A estudante Glória Carvalho, 40, que utiliza a passarela quase diariamente, pois frequenta uma faculdade situada próxima dali, é outra que reclama da falta de manutenção. “Eu gosto dessa passarela porque ela tem vários acessos, mas seria importante cuidar dela, pois os defeitos são causados por falta de manutenção”, afirmou. 

Manaustrans
O Manaustrans informou, por meio da assessoria de imprensa, que toda aquela área está sendo revitalizada com obras que vão promover um novo posicionamento do local de parada dos ônibus, hoje feito na via principal, visando evitar que contenham o fluxo dos demais veículos que trafegam pela avenida.

As obras, em parceria com o Carrefour, vão permitir que os veículos de transporte coletivo fiquem numa baia, uma área demarcada para estacionamento, que fica dentro do terreno do supermercado.  Outra obra será destinada a melhorar a passarela e o acesso das pessoas. As obras já estão em andamento.

Trânsito intenso
Além do grande fluxo de pedestres, por conta das universidades e de um centro de compras nas proximidades, o trânsito nessa área também é intenso, o que invibializa a implantação de uma faixa de pedestres. Por conta disso, pedestres afirmam que a revitalização, iluminação e a segurança na passarela são fundamentais.