Publicidade
Manaus
Manaus

Pedestres desafiam gradil em Avenida de Manaus

Enquanto o sistema de proteção não está completo, eles atravessam em meio aos carros e sugerem faixa de pedestre 27/10/2012 às 09:23
Show 1
Quem prefere se arriscar diz que distância até uma passarela chega a 1km
Náferson Cruz Manaus

Após a instalação de mais de cem metros de gradil de proteção no canteiro central da avenida Djalma Batista, Zona Centro-Sul, pedestres reclamam da dificuldade para ter acesso ao outro lado da via. Uma faixa de segurança entre as passarelas localizadas próximas ao Amazonas Shopping e ao Instituto de Dados da Amazônia (Idaam), seria uma das alternativas viáveis, segundo as pessoas que ali trafegam.

“Não tem como a pessoa que está há 20 metros do seu destino ter que percorrer mais de um quilômetro até a passarela e chegar ao mesmo ponto de onde partiu, sendo do outro lado da via, por falta de planejamento dos gestores”, comentou o estudante Rogério Barros, 28, enquanto deixava a Faculdade Metropolitana de Manaus (Fametro) e se dirigia ao Manaus Plaza Shopping.

Para o comerciante José Medeiros de Souza, 48, a preservação da vida é importante, mas a falta de opção deixa o pedestre em situação de risco. “Não sou contra a instalação das grades que serve como proteção, no entanto, a estrutura impõe dificuldades por conta dos longos trajetos”, disse.

Com a instalação das grades de proteção no canteiro central da avenida Djalma Batista, o fluxo de pedestres que circulam pela passarela de acesso ao Amazonas Shopping, aumentou consideravelmente. Na opinião do taxista João Lima dos Santos, 41, a medida tomada pela prefeitura, nos trechos onde foram feitas as instalações das telas, fez com que o trânsito fluísse melhor. “Os pedestres estavam atravessando entre os veículos, correndo o risco de serem atropelados”, ressaltou.

A obra de prolongamento começou na última quarta-feira, com a perfuração do solo para a instalação das hastes que sustentam as grades. Ontem, as grades de proteção começaram a ser fixadas no canteiro central. Nesta fase, o gradil será prolongado até nas proximidades do Manaus Plaza Shopping.

O projeto total inclui a montagem da proteção na avenida Djalma Batista a partir da avenida Darcy Vargas até à ponte dos Bilhares.

De acordo com o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) a estrutura de proteção tem o objetivo de conduzir os pedestres a usarem a passarela construída na frente do centro de compras a fim de garantir a segurança da travessia na área.