Publicidade
Manaus
Manaus

Pedreiro é assassinado com três tiros na cabeça na Zona Sul de Manaus

De acordo com o cunhado da vítima, o pedreiro estava saindo de casa por volta de 5h40, quando dois homens encapuzados arrombaram a porta e já foram pra cima dele, que levou três tiros de arma pt. 40 13/04/2012 às 09:27
Show 1
O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS)
Evelyn Souza e Thiago Monteiro Manaus

O pedreiro Francisco Soares Brasil, 36, morreu no início da manhã desta sexta-feira (13) após levar três tiros quando saia de casa, no Beco Ipiranga 4, no bairo da Raiz, Zona Sul de Manaus.

De acordo com o cunhado da vítima, Hemerson Luciano Batista, 18, o pedreiro estava saindo de casa por volta de 5h40, quando dois homens encapuzados arrombaram a porta e já foram pra cima de Francisco. Ele ainda teria corrido para abraçar o filho de dois anos, antes de ser assassinado com três tiros na cabeça, de uma arma calibre pt. 40. Os suspeitos de cometer o crime fugiram do local.

Ainda segundo o cunhado de Francisco, ele morava nesta casa há pouco tempo e não soube dizer se o pedreiro tinha envolvimento com drogas.

“Ele era muito fechado, não fala muito sobre a vida dele não”, ressaltou.

O caso foi registrado e vai ser investigado pela  Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).