Publicidade
Manaus
Manaus

'Peixe popular' reinicia atividades nesta terça (26)

No caminhão do Peixe Popular a unidade da matrinxã média (variando entre 800g e 1kg) será vendida ao preço de R$ 6,00 e a unidade da matrinxã grande (variando entre 1kg e 1,2 kg) ao preço de R$ 7,00. 25/02/2013 às 19:12
Show 1
A inclusão da matrinxã faz parte de uma parceria com um frigorífico do município de Tefé
acritica.com* Manaus (AM)

O programa Peixe Popular, do Governo do Amazonas, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror) reinicia suas atividades este ano, a partir desta terça-feira (26), com a inclusão de novas espécies, como a matrinxã, que apesar de ser considerado um peixe nobre, será vendido a preço mais em conta no caminhão frigorífico da Sepror.

No caminhão do Peixe Popular a unidade da matrinxã média (variando entre 800g e 1kg) será vendida ao preço de R$ 6,00 e a unidade da matrinxã grande (variando entre 1kg e 1,2 kg) ao preço de R$ 7,00. Nas feiras e mercados de Manaus uma matrinxã média está custando na faixa de R$ 10,00 a 15,00 e a matrinxã grande entre R$ 15,00 e 25,00.

A inclusão da matrinxã (que não é considerado um peixe popular) no projeto do Governo do Estado a um preço bem mais baixo, faz parte de uma parceria com um frigorífico do município de Tefé (o Frigo Peixe da Amazônia).

Serão colocadas à venda, esta semana, um total de 10 mil unidades de matrinxã, sendo duas mil unidades por dia. Esta semana o Programa do Governo, que tem a missão de combater o desperdício de alimento e oferecer peixe barato à população, estará comercializando apenas a espécie matrinxã.

Confira os locais de venda:

TERÇA-FEIRA (26): Zona Sul - Morro da Liberdade (Rua São Pedro, no pátio da Igreja Católica) - a partir das 08h até terminar a cota de duas mil unidades;

QUARTA-FEIRA (27): Zona Leste – Jorge Teixeira 4ª etapa (Rua São Paulo – Cidade Alta) - a partir das 08h até terminar a cota de duas mil unidades;

QUINTA-FEIRA (28): Zona Norte – Colônia Santo Antônio (Rua Rosa de Maio) e Feirão da Sepror (Parque da Expoagro – Torquato Tapajós) - a partir das 08h até terminar a cota de duas mil unidades;

SEXTA-FEIRA (01.03): Oeste – Compensa I (Av. Brasil ao lado da Escola de Samba) e Feirão da Sepror (Parque da Expoagro – Torquato Tapajós) – a partir das 08h até terminar a cota de duas mil unidades;

SÁBADO (02.03): Norte – Igarapé do Passarinho (Ponto dos moto Taxis) e Feirão da Sepror (Parque da Expoagro – Torquato Tapajós) - a partir das 08h até terminar a cota de duas mil unidades.


*Com informações de assessoria (Sepror)