Publicidade
Manaus
Manaus

Penarol e Fast fazem hoje final que não teve no primeiro turno do campeonato amazonense

Os dois times eram favoritos na semifinal do 1º turno, mas caíram dinte de Nacional e Princesa. A expectativa para o jogo de hoje, às 15h30, no Afonsão (Careiro Castanho) e de uma final que não teve. 24/03/2012 às 13:32
Show 1
Penarol x Fast
--- ---

Somar os primeiros três pontos no returno e curar as “feridas” deixadas pela primeira parte do Campeonato Amazonense. É mais ou menos com este espírito que Fast e Penarol entram em campo hoje, às 15h, no Afonsão (Careiro Castanho).

Enquanto o Fast busca recuperação após tropeçar diante do Holanda na quarta passada (2 a 2 no Sesi), o Penarol estreia na segunda etapa do Estadual. Rolo Compressor e Leão da Velha Serpa fizeram campanhas empolgantes no primeiro turno.

O Penarol foi líder absoluto, com 21 pontos ganhos e nenhuma derrota, enquanto o Fast ficou na terceira posição, com 18 pontos conquistados e o ataque mais eficiente da fase de classificação, com 20 gols. Os números garantiram o favoritismo de ambos nas semifinais, mas, na “hora H”, a dupla “falhou”, permitindo que Nacional e Princesa avançassem para a decisão.

O Fast não poderá contar com o zagueiro Fábio Gomes expulso no jogo contra o Holanda. No lugar dele, o treinador Paulo Morgado deve escalar Rodrigo. “Precisamos ter um pouco mais de concentração. A equipe falhou principalmente nas bolas aéreas nos últimos jogos. Nossa finalização também precisa melhorar”, reconheceu Morgado.

O Rolo também conta com o bom retrospecto na sua “casa”, o Afonsão. Em três jogos, o Tricolor venceu dois, perdeu um e marcou 12 gols. boa fase O Penarol tenta aproveitar o embalo da classificação para a 2ª fase da Copa do Brasil para voltar à decolar no Estadual. O único desfalque é o meia Edson Sá. “Não conheço o estádio do Fast, nem as condições do gramado.

Mas temos que ir lá e jogar bem, com todo respeito ao adversário. Aproveitamos a folga para recuperar atletas como o Fernando e o Marinelson, mas, em compensação, perdemos um pouco de ritmo”, analisou o treinador Roberto Oliveira.