Publicidade
Manaus
Manaus

PF apreende radiotransmissor de candidato à prefeitura de Maués

O transmissor de radiofonia estava afixado em uma antena externa da residência que captava ilegalmente sinais de radiotransmissão. De acordo com a polícia, a central funcionava há 30 dias, e estava interferindo na telefonia celular do local 04/10/2012 às 15:05
Show 1
A Polícia Federal estourou uma central clandestina de rádio comunicação que pertencia ao candidato à prefeitura de Maués, da coligação “Muda Maués”, no início da noite desta quarta-feira (3)
acritica.com Manaus

A Polícia Federal estourou uma central clandestina de rádio comunicação que pertencia ao candidato à prefeitura de Maués (município a 267 quilômetros de Manaus) Júnior Leite (PDT), da coligação “Muda Maués”, no início da noite desta quarta-feira (3).  A apreensão aconteceu graças a uma denúncia recebida pelo juiz da 5ª Zona Eleitoral, Márcio Rothier Pinheiro Torres, que determinou expedição de mandados de busca e apreensão.

O material confiscado estava na casa Carla Leite, irmã do candidato e também sobrinha do deputado estadual Sidney Leite (DEM). No ano de 2010, durante o período eleitoral, ela foi presa acusada de compra de votos.

O transmissor de radiofonia estava afixado em uma antena externa da residência que captava ilegalmente sinais de radiotransmissão. De acordo com a polícia, a central funcionava há 30 dias, e estava interferindo na telefonia celular do local. Militantes estavam utilizando o radiotransmissor para evitar escutas telefônicas e perda do sinal.

Dr. Solano, delegado da PF, informou que o caso será tratado pelo juizado eleitoral, que não quis se pronunciar sobre o caso. Há suspeitas que o transmissor fosse interferir durante o pleito, e apenas o grupo ficaria com sistema funcionando plenamente.

Nota

Em nota, a coligação ‘Muda Maués’ informa que o sistema de radiocomunicação apreendido na última quarta-feira à noite, pela Polícia Federal, para fins de investigação, atende a todos os requisitos legais estabelecidos pela Agência Nacional de Telecomunicação (Anatel) para o seu funcionamento.

Segundo a coligação, o sistema de radiocomunicação foi alugado da empresa J.R.N. da Silva, que possui Licença para Funcionamento de Estação em Maués, concedido pela Anatel e registrado no Ato nº 4233 de 25 de agosto de 2012. O documento já está sendo apresentado na 5ª Vara da Justiça Eleitoral do município.

A coligação informou, também, que os rádios são utilizados exclusivamente para fins de trabalho, com o objetivo único de facilitar a comunicação e organização de eventos como comícios e passeatas.