Publicidade
Manaus
Manaus

Pintor é encontrado morto dentro do banheiro da quitinete em que morava, dias após crime

A principal suspeita é que Vanderson da Silva Bezerra tenha sido esfaqueado dentro de sua casa num latrocínio. O homicídio ocorreu no bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte de Manaus, que tambpem registrou um segundo homicídio horas antes 17/01/2016 às 14:19
Show 1
Casa na rua São Nicolau, no Monte das Oliveiras, onde o corpo de Vanderson foi encontrado
Fábio Oliveira ---

Dois homens foram assassinados em casos distintos no bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte de Manaus, na noite de sábado (16) e madrugada de domingo (17). As vítimas foram identificadas como Vanderson da Silva Bezerra, 24, e Alexandre dos Santos Oliveira, 27. Os registros são da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), responsável por ambos os casos.

Vanderson, que trabalhava como pintor, foi encontrado morto a facadas dentro do banheiro da quitinete onde morava localizada na rua São Nicolau, por volta 15h do último sábado.

O pintor Vanderson da Silva Bezerra, de 24 anos, foi encontrado morto na tarde de sábado (16) dentro da quitinete onde morava, localizada na rua São Nicolau do bairro Monte das Oliveiras, na Zona Norte de Manaus.

De acordo com um dos vizinhos da vítima, um homem de 49 anos que preferiu não ter o nome revelado, Vanderson estava com pés e mãos amarrados no momento em que foi encontrado, no banheiro do imóvel.

Segundo a testemunha, a vítima apresentava hematomas no pescoço e estava com parte das vísceras exposta. Consta no Instituto Médico Legal (IML) que Vanderson foi morto por arma branca, provavelmente uma faca, no dia 14 deste mês.

Conforme o vizinho, alguns objetos da vítima foram levados e alguns cômodos estavam revirados. A cama da vítima foi queimada. 

A principal suspeita é de latrocínio (roubo seguido de morte). Na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a motivação e autoria ainda eram desconhecidas pela Polícia Civil na manhã deste domingo (17).

Outro homicídio

O outro assassinato foi do ex-presidiário Alexandre dos Santos Oliveira, 27. Ele foi executado, na rua Louro Itaúba, quando ajudava a família a decorar a festa de aniversário de sua sobrinha. Consta no relatório da DEHS que dois homens chegaram e efetuaram três tiros na vítima. A reportagem do MANAUS HOJE foi ao velório de Alexandre, mas familiares não quiseram dar informações.

Em consulta ao site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), Alexandre já respondia pelos crimes de roubo e tráfico de drogas. Nos autos dos processos disponíveis no site consta que ele já havia sido preso pela antiga Delegacia Especializada em Prevenção e Repreensão a Entorpecentes (Depre) e também pela Derfd. Ele participava de uma quadrilha especializada em roubos de residências em Manaus, em 2011.


Local onde ocorreu o velório de Alexandre