Publicidade
Manaus
Manaus

Pistoleiros da FDN executam integrante da facção 'Renato Bombado' com 12 tiros

Renato que saiu da cadeia há 15 dias, teria matado um primo de um membro da facção no fim de semana os suspeitos foram perseguidos pela polícia que conseguiu capturá-los 18/02/2014 às 00:16
Show 1
Pistoleiros da FDN executam integrante da facção 'Renato Bombado' com 12 tiros
Jaíze Alencar Manaus (AM)

Renato Alves Vieira, mais conhecido como ‘Renato bombado’ da FDN (Facção criminosa Família do Norte), foi morto na noite desta segunda-feira (17) , por volta das 22h, após receber 12 tiros de pistoleiros  - seis na cabeça -, na Travessa Portugal, bairro Petrópolis, Zona Sul de Manaus. Segundo a polícia, o local do crime era onde Renato comercializava drogas.

Quando estavam saindo do local do crime os quatro suspeitos se depararam com uma viatura da policiais militares da 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) que seguiram em perseguição com troca de tiros.

Os suspeitos estavam em um veículo modelo Gol, de cor vermelha, placas NPA 4068. Eles foram capturados no bairro da Cachoeirinha e encaminhados pelas viaturas da 2ª, 3ª e 24ª Cicom que deram apoio a perseguição. O bando foi levado ao 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), em Petrópolis.

Foram presos Thiago Fernandes Soriano, 22; Charles dos Santos Rodrigues, 24; e Raul Alexandre Duarte, 23 anos. Com eles a polícia apreendeu apenas uma pistola 380 de uso exclusivo da polícia. Durante a perseguição um dos suspeitos identificado como Carlos Jorge, conseguiu fugir.

Renato que saiu da cadeia há 15 dias, teria matado um primo de um membro da facção no fim de semana  e outros membros da facção resolveram vingar a morte do primo de Charles, segundo a polícia.

O caso foi será encaminhado a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).