Publicidade
Manaus
Cotidiano, Polícia, Assassinatos, PM, DEHS

PM aguarda prisão preventiva, para apresentar soldado suspeito de assassinatos

Soldado Marcos Pinheiro se encontra afastado das suas funções operacionais, exercendo atividades administrativas 17/12/2012 às 10:41
Show 1
Soldado Marcos Pinheiro é o principal suspeito de duplo homicídio
Joana Queiroz e Síntia Maciel Manaus

A Polícia Militar irá aguardar a prisão preventiva, expedida pela Justiça, para apresentar à Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o soldado Marcos Pinheiro, principal suspeito de ter assassinado o estudante Bruno Menezes de Souza,18, cujo corpo foi encontrado em avançado estado de decomposição na tarde dessa quinta-feira (29), em terreno baldio, na avenida Eixo-Norte Sul, no Distrito Industrial, zona Leste de Manaus.

De acordo com o chefe da Seção de Comunicação da PM, tenente-coronel Euler Cordeiro, o soldado se encontra afastado das suas funções operacionais, exercendo atividades administrativas.

Marcos Pinheiro é lotado na Companhia de Manuseio de Artefatos Explosivos (Marte).

“Estamos apoiando a Polícia Civil nas investigações e assim que for expedida a prisão preventiva dele, ele será apresentado”, informou Cordeiro.

Velório
O corpo de Bruno estava previsto para ser liberado para a família, por volta das 15h, desta sexta-feira (30), após passar por uma série de exames no Instituto Médico Legal (IML), localizado no bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus.

O velório, de acordo com familiares do estudante será realizado na igreja Sagrado Coração de Jesus, localizada no Centro de Manaus.

Crime
Bruno Menezes foi sequestrado no domingo (25) à noite, da rua Silva Ramos, no Centro de Manaus, por quatro homens que ocupavam um veículo modelo Fiesta, de cor azul.

Na ocasião , um amigo de Bruno que estava em sua companhia, Everton Felippy Marreiros, 18, também foi baleado, morrendo na hora.