Publicidade
Manaus
Manaus

PMN entra na disputa pela Prefeitura de Manaus

Jerônimo Maranhão Vieira Rodrigues, 50, e Rodrigo Frota, 34, já haviam sido oficializados durante a convenção nacional do partido, ocorrida em 10 de junho, em São Paulo 20/06/2012 às 16:41
Show 1
Jerônimo Maranhão, presidente regional do PMN, é o candidato do partido à Prefeitura de Manaus
Ana Carolina Barbosa Manaus

O Partido da Mobilização Nacional (PMN) confirmou, em convenção realizada na manhã desta quarta-feira (20/06), os nomes dos engenheiros Jerônimo Maranhão Vieira Rodrigues, 50, e Rodrigo Frota, 34, como candidatos a prefeito e vice, respectivamente, à Prefeitura de Manaus, em mais uma chapa “puro sangue”. Participaram do evento cerca de 200 pessoas.

Eles já haviam sido oficializados durante a convenção nacional do partido, ocorrida em 10 de junho, em São Paulo, na qual foram  divulgados os nomes dos candidatos nas cidades com mais de 200 mil habitantes, situação em que se enquadra Manaus. “Eu sou (um candidato) de perfil mais técnico para fiscalizar o dinheiro público. Vou trabalhar com qualidade e não com quantidade, principalmente na parte de educação, saúde e construção civil”, alegou o engenheiro.

O evento estadual ocorreu às 9h, no auditório da Câmara dos Dirigentes Logistas (CDLM), localizado na rua Ruy Barbosa, Centro da cidade. Segundo Jerônimo, a legenda vem com 20 candidatos a vereardores na capital, sendo seis mulheres e 14 homens.

No próximo sábado, outras duas chapas formadas por membros do partido serão oficializadas, uma delas em Tefé (a 520 quilômetros de Manaus), e terá como candidatos a prefeito e vice Edison Dias e Maria José. A outra será em Novo Aripuanã (distante 227 quilômetros da capital) e sua composição não foi informada.

O PMN, ex partido do governador Omar Aziz, que acabou migrando para o PSD e assumindo a vice-presidência nacional do partido, não possui, hoje, representação na Câmara Municipal de Manaus (CMM). Os dois vereadores eleitos pela sigla, Dr. Gomes e Glória Carrate, seguiram Omar Aziz e fizeram a mudança de partido.