Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia apreende madeira, armas, dinheiro e drogas durante a Operação 'Renascer 2' em Manaus

Mais de 100 policias participaram da ação, na Zona Sul de Manaus. Entre os presos está um foragido. A polícia chegou aos acusados a partir de denúncias anônimas  18/09/2012 às 15:15
Show 1
Polícia apreende madeira, armas, dinheiro e drogas durante a Operação 'Renascer 2' no bairro Presidente Vargas, Zona Sul de Manaus
acritica.com Manaus

A Polícia Civil do Amazonas realizou na manhã desta terça-feira (18) a ‘Operação Renascer 2’ no bairro Presidente Vargas, mais conhecido como Matinha, na Zona Sul de Manaus. Durante a operação, foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão e dois de prisão. Além de drogas, foram apreendidas armas e madeira ilegal.

Durante a ação, o aposentado Delvino Fernandes Machado, 69, foi preso com um revólver, calibre 38 e oito munições intactas. Em sua casa foi encontrado também um sistema de monitoramento de câmeras e madeira ilegal.

A casa era utilizada também como depósito de madeira sem certificação e aproximadamente R$6 mil em espécie. De acordo com ele, a arma e as câmeras são destinadas apenas para a segurança do local que já foi assaltado duas vezes.

O filho do aposentado, o vigilante Luis Antonio, 33, alegou que a família não tem envolvimento com tráfico de drogas. Ele disse que existe documento para a venda de madeira, mas que este não foi encontrado.

Prisão de foragido

 
A polícia recapturou o  estoquista Enderson Seixas de Freitas, 26, foragido da Justiça. Ele foi preso por mandado de prisão na rua 2, Comunidade Bom Jesus, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste. O acusado foi encaminhado ao Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) em regime fechado.

Nilson França Gonçalves, 27, conhecido como “Keko” foi preso por tráfico de drogas na rua Santa Quitéria. Com ele  foram encontradas 47 trouxinhas de cocaína e um aparelho celular.

Em outra residência, na rua da Legião, foi preso Rafael Ramos Viana. Ele portava 26 trouxinhas supostamente de pasta base de cocaína e uma porção de cocaína, segundo a polícia.


Dinheiro
Os policiais apreenderam R$ 4.020,00 que estavam em saco plástico no chão de uma residência localizada na rua 3, quadra 37.

Em outro ponto foram apreendidas um celular supostamente roubado e uma pistola de ar comprimido e uma lata de chumbinhos.  

Denúncias
Segundo o delegado geral Josué Rocha, a polícia chegou aos alvos da operação através de denúncias anônimas. "Esta é mais uma operação realizada pela polícia civil, as seccionais estão monitorando as áreas, após denúncias e a partir de então quando esses locais estão identificados, pedimos da justiça o mandado e a operação tem caráter de fazer o levantamento de dados desses locais". O delegado ressaltou  também que as delegacias trabalharão na área após a operação para inibir o crime.

O delegado geral adjunto Mário Aufiero também esteve presente na operação com toda a força de segurança da polícia civil. Ele destacou que a polícia fará monitoramento e ronda pelas áreas onde são focos de denúncias e ressaltou a importância da população continuar denuncia para que a polícia possa limpar a área para a implantação do Ronda do Bairro que deve acontecer no mês de outubro.

Várias delegacias participaram da operação, entre elas o 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), 2º DIP, 3º DIP, 5° DIP, Seccional Sul, Seccional Oeste, Seccional Leste, Seccional Centro-oeste, Grupo Fera, Delegacia Especializada em Proteção e Repressão a Entorpecentes (Depre), Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca) e  o Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), totalizando cerca de 100 policiais civis presentes.