Publicidade
Manaus
Linha direta

Polícia Civil divulga número de WhatsApp para população denunciar crimes

As ligações para (92) 99360-8004 podem ser feitas em horário comercial, mas o serviço ficará à disposição ininterruptamente através do aplicativo de celular 10/05/2016 às 17:57 - Atualizado em 10/05/2016 às 18:02
Show whatsapp 2 900 451 90 s c1 smart scale 0
(Foto: Agência Brasil)
ACRITICA.COM

A Polícia Civil do Amazonas, por meio do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), ativou uma linha telefônica direta para auxiliar no combate ao crime organizado e na recaptura de foragidos da Justiça. A ferramenta visa aproximar a população da instituição e reprimir a prática de crimes em todo o Estado.

De acordo com o diretor do DRCO, delegado Rafael Allemand, as ligações ao número (92) 99360-8004 podem ser feitas em horário comercial, mas o serviço ficará à disposição da população ininterruptamente, por meio do aplicativo de celular WhatsApp, por onde poderão ser enviadas mensagens e informações a qualquer hora do dia.

“As denúncias devem ser feitas, preferencialmente, via WhatsApp e serão filtradas posteriormente. Quanto mais detalhes recebermos, melhores as chances de iniciarmos as investigações. É importante destacar que não haverá um diálogo com o delegado do departamento ou troca de mensagens, apenas o recebimento das delações. Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, declarou Allemand.

O diretor do DRCO enfatizou que terão prioridade situações que envolvam o crime organizado, por demandarem uma investigação mais minuciosa e resultar em um número maior de prisões. “A população pode denunciar “bocas de fumo” com significativa movimentação de pessoas, desmanche de carros, alguma oficina que tenha fluxo intenso de carros à noite, dentre outras situações consideradas atípicas”, orientou.

Conforme a autoridade policial, a ajuda da população, por meio de denúncias, tem contribuído na localização de detentos do sistema prisional e demais infratores. Na última quarta-feira, dia 4, policiais do DRCO recapturaram quatro fugitivos, após denúncias anônimas.

“Dois deles, Wanderson Fabrício da Silva de Lima, 23, e Bruno Coelho Costa, 22, participaram, no último dia 2, da fuga de 39 presos do Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), situado no quilômetro oito da rodovia federal BR-174, que liga Manaus a Boa Vista (RR). Nós recebemos, inclusive, a foto da residência onde eles estavam. Estamos em busca do restante e contamos com a ajuda da população”, argumentou o delegado.

Embora a linha direta tenha sido lançada, o diretor do DRCO afirmou que delações devem continuar sendo feitas ao número 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM). Segundo Allemand, as informações posteriormente serão distribuídas, de acordo com a atividade-fim de cada especializada. 

*Com informações da assessoria de imprensa