Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia Civil prende dupla com drogas avaliadas em R$ 1 milhão em distribuidora de água e gás

Roseni Araújo Arruda, 38, e Helinton Sobrinho da Silva, 22, foram presos com os entorpecentes na manhã desta terça-feira (6), no bairro Alvorada, na Zona Centro-Oeste. Eles são funcionários dos empresários Thiago Caster e Tassio Caster, ambos os proprietários da distribuidora de água e gás  06/10/2015 às 17:29
Show 1
Apresentação dos presos por tráfico e associação ao tráfico. Na foto: Roseni Araújo Arruda, 38, e Hélinton Sobrinho da Silva, 22
Fábio Oliveira Manaus (AM)

Os empresários Thiago Caster e Tassio Caster, ambos irmãos, devem ser indiciados pela Polícia Civil pelo crime de tráfico e associação para o tráfico. Na manhã desta terça-feira (6), uma equipe da Seccional Leste prendeu em flagrante dois de seus funcionários: Roseni Araújo Arruda, 38, e Helinton Sobrinho da Silva, 22.

Segundo o delegado Pablo Geovani, titular da Seccional Leste, a prisão ocorreu em uma distribuidora de água e gás, localizada na avenida J, bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste. No escritório do estabelecimento foi encontrado 100 quilos de maconha tipo skunk e prensada, avaliada em quase R$ 1 milhão. Os irmãos não foram encontrados em suas respectivas residências, mas serão indiciados.

Os irmãos Thiago e Tassio Caster estão sendo procurados pela polícia 

O delegado informou que a distribuidora funcionava apenas como fachada para a distribuição de drogas. “Os irmãos são os responsáveis por abastecer os bairros Novo Reino, Colina do Aleixo e São José”, disse. Rose era a gerente e Helinton quem distribuía a droga.