Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia divulga retrato falado de suspeito da morte de coordenador da campanha de Artur Virgílio Neto

De acordo com a assessoria da Polícia Civil, as investigações do crime estão sendo feitas pela Delegacia de Homicídios e Sequestros. A delegada titular, Maria Cristina Portugal, já ouviu o depoimento de sete pessoas. 25/09/2012 às 18:19
Show 1
Este é o retrato falado do suposto autor dos disparos que vitimaram o líder comunitário
acritica ---

A Polícia Civil do Estado do Amazonas divulgou nesta terça-feira (25), o retrato falado do suposto autor dos disparos que vitimaram o líder comunitário e coordenador da campanha de Artur Neto, Aldemir de Queiroz Feitosa, 44, morto no dia 22 de setembro em um bar localizado na Zona Leste de Manaus.

De acordo com a assessoria da Polícia Civil, as investigações do crime estão sendo feitas pela Delegacia de Homicídios e Sequestros. A delegada titular, Maria Cristina Portugal, já ouviu o depoimento de sete pessoas.

Os relatos ajudaram a equipe do instituto de identificação a compor o retrato falado do homem que teria efetuado os disparos. Outras duas pessoas serão ouvidas.

Ainda de acordo com a assessoria, o suspeito é do sexo masculino, aparentando ter entre 20 e 25 anos, magro, aproximadamente 1,65m a 1,70m, cerca de 70kg , rosto longo, olhos castanho escuros e cabelos pretos. No momento do crime, o suspeito usava camisa regata preta, bermuda esverdeada com estampas e sandálias, além de um boné preto.

Caso alguém, ao ver o retrato falado, identifique o homem procurado, pode entrar em contato com a Delegacia de Homicídios pelos números 3681-5725 ou 5730.