Publicidade
Manaus
Polícia, Polícia Federal, Operação Insônia, SUS, CGU

Polícia Federal deflagra operação em Manaus, contra desvios de verbas do SUS

Várias clínicas estão sendo alvo da ação que deverá cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão 09/03/2012 às 14:41
Show 1
Denominada de Operação Insônia, a ação cumpre vários mandados de prisão e de busca e apreensão, e conta com o apoio da CGU
Síntia Maciel Manaus

O Instituto do Sono do Amazonas (Isam) localizado no edifício Palácio do Comércio, no Centro de Manaus, foi alvo de uma operação deflagrada na manhã desta sexta-feira (9), para investigar um esquema de  desvios de verba do Sistema Único de Saúde (SUS).  

Denominada de Operação Insônia, a ação cumpriu vários mandados de prisão e de busca e apreensão, e contou com o apoio da Controladoria Geral da União (CGU).

Os trabalhos de investigação da PF dão conta de que o Isam teria causado um rombo no valor de R$ 1,5 milhão nos cofres públicos, referentes aos desvios mensais realizados pela clínica.  

O esquema consistia na falsificação de guias de exames médicos, a partir de nomes fictícios, para o recebimento de auxilio-doença.  

Os proprietários do Isam, Roosevelt Melo e Núbia Melo - pai e filha -, juntamente com uma mulher, identificada até o momento apenas como Maria, foram presos na sede da clínica.   

Na sede do Isam foram apreendidos computadores e documentos que serão submetidos à perícia.