Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia investiga morte de traficante e mulher no estacionamento de hospital, em Manaus

Os policiais conseguiram prender três, dos quatros suspeitos envolvidos na morte do traficante Glauciney Oliveira do Carmo, vulgo "Glau" e da acompanhante dele, Daiane Souza Pimentel 18/07/2012 às 16:30
Show 1
Polícia apresentou três, dos quatro pistoleiros que mataram o casal. Na foto (e) Heliton de Lima Teixeira, Alexandro Oliveira dos Santos e Bruno Rodrigues de Almeida
acritica.com Manaus (AM)

A Polícia Civil continua as investigações sobre o tiroteio que matou o traficante Glauciney Oliveira do Carmo, vulgo "Glau", chefe do tráfico de drogas no bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus. A acompanhante de Glauciney, Daiane Souza Pimentel, 19, foi baleada e não resistiu aos ferimentos. O casal foi surpreendido com pelos menos dezesseis tiros.

Os policiais conseguiram prender três, dos quatros suspeitos envolvidos na morte do traficante. Bruno Rodrigo Freitas de Almeida, Heliton de Lima Teixeira e Alexsandro Oliveira dos Santos foram autuados em flagrante pelos crimes de homicídio qualificado e tráfico de drogas.

Após a ação, os suspeitos chegaram a fugir, mas foram localizados por policiais da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam). Eles foram detidos e encaminhados ao 3º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Petrópolis.

Na cela do 3º DIP, Alexsandro afirmou ter sido o autor dos disparos que mataram Glaucinei Oliveira do Carmo e Daiane Souza Pimentel. Ele disse estar vingando a morte do irmão e da sobrinha de apenas 6 meses de idade, supostamente mortos por Glaucinei há 6 meses. Alexsandro afirmou também que vinha recebendo ameaças da vítima.

Apreensão

Com o trio a polícia aprendeu duas armas de fogo, sendo uma pistola PT-40 e outra 380, cerca de R$ 30.900,00, em dinheiro, além de substância aparentemente entorpecente, localizada no interior do carro modelo Classic, de placa OAC-1109.´

Caso

No final da tarde desta terça feira (17), quatro pessoas invadiram o estacionamento do Instituto da Mulher Dona Lindu, localizado no bairro Adrianópolis, Zona Centro Sul de Manaus. Quatro homens em um veículo Corsa Classic preto de placa OAC-1109 dispararam cerca de trinta tiros de pistolas PT. 40 e 380 contra o carro das vítimas, um Celta prata, NOJ-2572, que estava estacionado no local.

O casal foi surpreendido com pelos menos dezesseis tiros. Oito balas acertaram Glau que morreu na hora. Daiane, que estava no banco do passageiro, foi atingida com um tiro na cabeça. A jovem ainda chegou a ser atendida no Pronto Socorro, mas não resistiu aos ferimentos. No local, peritos da Polícia Civil recolheram 16 projéteis deflagrados de diferentes calibres. O material vai ser encaminhado ao Instituto de Criminalística, onde passará por perícia.

Os três acusados da autoria do crime passaram por procedimentos periciais e devem ser encaminhados à Cadeia Pública ainda na tarde desta quarta-feira.